Cuiabá 21/08/2019
Busca:  
 Home
 Últimas Notícias
 Cidades
 Política
 Esporte
 Polícia
 Meio Ambiente
 Turismo
 Agronegócio
 Mundo
 Artigos
 Aúdio e Video
 Galeria de Fotos
 Quem Somos
 Fale Conosco
Tunel do Tempo
 
Aquecido "Triângulo da Lavagem"

 Denuncias
 Enquete


Cidades
Especialista comenta a clonagem de cartão de débitos

No primeiro caso, a tarja magnética comporta-se de maneira semelhante a antiga fita k-7, sendo que o material dessa tarja tem propriedades magnéticas que permitem gravação e leitura.


 

O que se observa é que, cada vez mais, a mesma tecnologia é adotada em escala mundial, o que por um lado reduz custos permitindo desenvolvimento e aplicação. Por outro lado, permite que os mesmos mecanismos de fraude sejam efetivos nos diferentes locais.

 

A fraude pode ocorrer tanto em cartões baseados em tarja magnética como em cartões baseados em chip, o chamado smart card. No primeiro caso, a tarja magnética comporta-se de maneira semelhante a antiga fita k-7, sendo que o material dessa tarja tem propriedades magnéticas que permitem gravação e leitura. Nesse caso, a eventual cópia é relativamente simples, pois bastaria copiar o padrão magnético dessa tarja. No segundo caso, o smart card é capaz de aumentar a segurança porque, ao ser lido, além de informar dados do correntista também opera fornecendo respostas de dados a determinadas consultas realizadas pelo terminal. O fator complicador para o falsificador seria conhecer essas consultas para poder simular e obter as respostas esperadas. Infelizmente, há notícias de fraudes inclusive relacionadas aos smart cards.

 

Para que a fraude possa ser completa, o fraudador precisa ter acesso às informações de identificação pessoal da vítima, mais especificamente a senha numérica. Para obter isso, o fraudador pode se utilizar diferentes abordagens como observar diretamente a seqüência digitada, instalar câmera que monitore o teclado, identificar o som produzido por cada tecla e reproduzir a seqüência ou ainda, algum mecanismo mais requintado.

 

Para obter êxito, o fraudador deve ter acesso ao equipamento para fazer os devidos preparativos como instalar leitores adicionais, alterar os dispositivos para copiar informações e instalar câmeras e microfones. Assim, cuidados como procurar caixas eletrônicos em agências ou locais devidamente monitorados, não aceitar auxílio de estranhos, digitar as senhas de maneira discreta limitando visualização do teclado por outros ângulos, ficar atento ao dispositivo de leitura, verificar se o mesmo está devidamente fixado e se segue o padrão de textura e cores do equipamento, são úteis para evitar surpresas desagradáveis”, sugere o professor William Nogueira do Curso de Sistemas de Informação, das Faculdades Integradas Rio Branco.

Autor: Da Redação/Com Assessoria
Data: 04/12/2008
Noticias da Sessão: Cidades
» Assembleia de SP aprova projeto que prevê cesárea sem indicação médica no SUS
» Eliminação de Tarifas: Acordo Mercosul-UE vai beneficiar setor de fruticultura, diz Bolsonaro
» Petrobras reduz preço do diesel em 4,6% e acaba com periodicidade para reajustes
» Regularização Fundiária: Fruto de ocupações, Cuiabá tem 61% dos bairros irregulares
» Parceria entre Prefeitura e comunidade promove revitalização do Centro de Saúde do Tijucal
» Sem Piquetes: TJ proíbe sindicato de impedir entrada de professores em escolas
» Estratégia de Cuiabá no combate ao aedes aegypti é destaque nacional
» Prefeitura de Cuiabá convoca candidatos aprovados no Processo Seletivo da Educação
» Veja lista: Concursos em Mato Grosso têm salários de até R$ 5,5 mil
» Empresas e motoristas fecham acordo; ônibus voltam a circular
» Greve dos servidores da educação de MT completa duas semanas sem acordo com o governo
» Compromisso: Prefeitura se compromete a ajudar no pagamento dos salários atrasados dos funcionários da Santa Casa
» Personagens de MT: "Rondon foi um grande pacifista e merecia o Prêmio Nobel"
» No berço da cidade: Ceramistas abrem ateliê e querem resgate do Centro Histórico
» Operação Lei Seca: Polícia prende 8 motoristas embriagados e apreende 34 veículos
 
Tempo
 
Copyright © 2008 Todos os direitos reservados ao NavegadorMT.