Cuiabá 24/04/2019
Busca:  
 Home
 Últimas Notícias
 Cidades
 Política
 Esporte
 Polícia
 Meio Ambiente
 Turismo
 Agronegócio
 Mundo
 Artigos
 Aúdio e Video
 Galeria de Fotos
 Quem Somos
 Fale Conosco
Tunel do Tempo
 
Aquecido "Triângulo da Lavagem"

 Denuncias
 Enquete


Cidades
Sabesp deverá prestar ''socorro'' à Sanecap

 

Sem obter o compromisso do governo do Estado para isenção do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre a energia e produtos químicos para o tratamento de água, a Prefeitura de Cuiabá decidiu pedir auxílio do governo paulista para socorrer a Companhia de Saneamento Básico da Capital (Sanecap). 

 

O "socorro" à Sanecap será dado via Sabesp - Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo - uma empresa de economia mista, de capital aberto, que tem como principal acionista o Governo do Estado de São Paulo.

 

Nos próximo 15 dias, segundo apurou o Olhar Direto, neste domingo, uma missão técnica da Sabesp virá "visitar" a Sanecap e convênios de cooperação deverão ser assinados nas áreas técnica, administrativa e financeira e de controle de gestão.

 

Com sérios problemas de caixa, a Sanecap, também uma empresa de economia mista, deverá fechar o exercício financeiro de 2008 com um prejuízo estimado entre R$ 3 milhões e R$ 5 milhões, segundo cálculos preliminares da administração da empresa. 

 

Aliás, prejuízo é uma palavra que não pode sequer entrar no dicionário de uma empresa de economia mista. Contudo, dívidas estimadas em cerca de R$ 83 milhões, com a Rede Cemat, governo do Estado, Previdência, fornecedores, entre outros, cujas parcelas são pagas mensalmente, sufocam o caixa da Sanecap.

 

Segundo fontes, o "socorro" poderá implicar em uma ajuda financeira mediante a venda de cotas da Sanecap para a Sabesp, sem a perda do controle acionário para o municipalidade de Cuiabá.

 

Saiba mais sobre a empresa paulista - A Sabesp É uma concessionária de serviços sanitários, responsável pelo planejamento, construção e operação de sistemas de água e esgoto (doméstico e industrial) em 366 municípios paulistas.

 

Sua matéria-prima é a água. Daí a implicação direta com o meio ambiente, o ciclo hidrológico e a preservação de mananciais.

 

A Sabesp possui 1.357 unidades de produção, divididas em 198 Estações de Tratamento de Água (ETA), 1.078 Poços Profundos e 81 outros sistemas. Essas unidades são responsáveis pela geração de 100 mil litros de água potável por segundo.

 

Desde a captação da água até sua distribuição, há um amplo controle que atende as normas e exigências do Ministério da Saúde e da OMS (Organização Mundial de Saúde). São realizadas cerca de 150 mil análises mensalmente, um trabalho que envolve 16 centros laboratoriais com padrão de qualidade reconhecidos internacionalmente pela ISO 9002 ou ISO Guide 25 e acreditados pela ISO/IEC 17.025.

Autor: www.olhardireto.com.br - Da Redação - Marcos Coutinho
Data: 02/02/2009
Noticias da Sessão: Cidades
» Motorista é multado após vídeo de agentes de trânsito circulando em carro com pneu furado em Cuiabá
» Prefeito diz que governo e Ministério da Saúde devem ajudar a Santa Casa porque 70% dos pacientes são do interior de MT
» Ministro anuncia repasse de R$ 48 milhões para custeio do novo Hospital Municipal de Cuiabá
» templos de fé: Incêndio em Notre-Dame acende cuidados em igrejas de Mato Grosso
» Santa Casa fechada: Prefeitura afirma que pacientes continuam recebendo atendimento
» Obra histórica: Fechado há 4 anos, Museu do Rio passa por reestruturação
» Bonança: Lucro de empresa de Maggi cresce 50% e chega a R$ 808 milhões
» Nível de rio sobe após intensas chuvas e moradores ribeirinhos enfrentam alagamento em MT
» Governo deve prever para 2020 salário mínimo corrigido pela inflação, mas sem aumento real
» Sonho realizado: Cuiabano de 18 anos é aprovado em sete universidades nos EUA
» BR-163: Ônibus de Secretaria de Saúde com 19 passageiros capota
» Cidade Verde: Estudo aponta que Cuiabá perdeu 17% de área verde em 30 anos
» CPTEC emite alerta de tempestade e vendaval em Cuiabá e mais 87 municípios; veja lista
» Caos Financeiro: AL poderá destinar recursos para ajudar a Santa Casa
» Novo hospital municipal de Cuiabá não terá gestão 'portas abertas' a pacientes do interior
 
Tempo
 
Copyright © 2008 Todos os direitos reservados ao NavegadorMT.