Cuiabá 22/02/2019
Busca:  
 Home
 Últimas Notícias
 Cidades
 Política
 Esporte
 Polícia
 Meio Ambiente
 Turismo
 Agronegócio
 Mundo
 Artigos
 Aúdio e Video
 Galeria de Fotos
 Quem Somos
 Fale Conosco
Tunel do Tempo
 
Aquecido "Triângulo da Lavagem"

 Denuncias
 Enquete


Politica
José Alencar tem estado de saúde estável após cirurgia, diz boletim médico

A cirurgia foi realizada na região inferior esquerda do abdômen de José Alencar


 

A cirurgia para retirada de tumores no retroperitônio (porção posterior do abdome) do vice-presidente da República, José Alencar, 77 anos, terminou por volta das 3h desta segunda-feira (26), depois de mais de 17 horas de operação, segundo boletim médico divulgado pela assessoria de imprensa do Hospital Sírio-Libanês onde a cirurgia foi conduzida pelo cirurgião-oncologista Ademar Lopes.

 

Alencar tem o estado de saúde estável, segundo a assessoria de imprensa do hospital, e se recupera UTI (Unidade de Terapia Intensiva).

 

O procedimento cirúrgico era considerado de "alta complexidade" pelos médicos.

 

“O Vice-Presidente e seus familiares foram avisados sobre a complexidade do procedimento, bem como, sobre os riscos trans e pós-operatórios, estando todos de perfeito acordo”, frisou o cirurgião-oncologista Ademar Lopes.

 

As equipes que acompanham o tratamento do vice-presidente são compostas pelos professores doutores Paulo Hoff (oncologista clínico), Roberto Kalil Filho (cardiologista), Miguel Srougi (urologista).

 

'Delicada'

 

Na tarde deste domingo, antes da divulgação do boletim médico, o oncologista Paulo Hoff e o cardiologista Roberto Calil afirmaram a jornalistas que estavam no hospital que a cirurgia a que se submete Alencar neste domingo, é "uma das mais radicais na área da oncologia e a mais delicada cirurgia a que foi submetido o vice-presidente".

 

Os médicos explicaram que vão retirar um tumor principal e "vários tumores satélites, em um procedimento conhecido como peritonectomia". Questionados se o vice-presidente corre risco de vida, comentaram que "não existe procedimento cirúrgico sem riscos".

 

A cirurgia foi realizada na região inferior esquerda do abdômen de José Alencar, próxima ao ureter - canal que conduz a urina do rim à bexiga. 

Autor: www.g1.com.br - Do G1, em São Paulo
Data: 26/01/2009
Noticias da Sessão: Politica
» Cadeira no TCE, acompanhe: Candidatos a conselheiro fazem explanação; Rezende retira nome
» 'Número suficiente', diz presidente sobre quantidade de servidores da Câmara de Cuiabá
» Setor Público e Privado: Reforma da Previdência será enviada ao Congresso na quarta
» General da reserva, novo ministro da Secretaria-Geral atuou no Haiti e é paraquedista como Bolsonaro
» Suspeita de Superfaturamento: Governo fez pregão para comprar colheres de plástico a R$ 6 cada
» Pré-campanha: Defesa de Selma Arruda apresenta alegações finais sobre abuso de poder e caixa 2
» Reação de Produtores: Prefiro começar vaiado e terminar aplaudido, diz Mendes
» Marcha no CPA: Servidores públicos protestam contra escalonamento e pela RGA
» Indicação da Assembléia: Rito para escolha de conselheiro deve ser publicado na terça-feira
» Blocos em discussão: Deputados articulam composição de Comissões Permanentes
» Operação Sodoma: TJ retira tornozeleira eletrônica de Silval, filho e mais 14 pessoas
» A bancada dos réus na Alerj: 1 em cada 5 deputados responde a processos criminais ou está preso
» "Vou contribuir, mas não abro mão da independência", diz Misael
» "Escolha do novo conselheiro do TCE será transparente e criteriosa"
» Pacote de Moro: "Medidas endurecem combate ao crime organizado e corrupção"
 
Tempo
 
Copyright © 2008 Todos os direitos reservados ao NavegadorMT.