Cuiabá 19/08/2019
Busca:  
 Home
 Últimas Notícias
 Cidades
 Política
 Esporte
 Polícia
 Meio Ambiente
 Turismo
 Agronegócio
 Mundo
 Artigos
 Aúdio e Video
 Galeria de Fotos
 Quem Somos
 Fale Conosco
Tunel do Tempo
 
Aquecido "Triângulo da Lavagem"

 Denuncias
 Enquete


Cidades
Greve dos servidores da educação de MT completa duas semanas sem acordo com o governo

Em assembleia realizada nesta segunda-feira, servidores vão definir se retomam atividades.


 

A greve dos servidores públicos da educação completa duas semanas, nesta segunda-feira (10), sem acordo com o governo do estado. No total, cerca de 40 mil profissionais aderiram ao movimento, paralisando as atividades.

Os profissionais reivindicam o pagamento da Revisão Geral Anual (RGA) de 2018. Alegam ainda que o governo negou o direito aos trabalhadores da educação, mas concedeu ao legislativo e judiciário.

Os trabalhadores também cobram a convocação de profissionais aprovados em concurso público para preencher as vagas livres.

O governo informou que não tem condições de atender às reivindicações do servidores e que a concessão da RGA provocaria o estouro do limite de gastos com pagamento de pessoal, em 61%.

Os servidores realizam uma assembleia seguida de passeata na tarde desta segunda-feira. Na ocasião vão decidir se retomam as atividades ou mantém a greve.

 

Corte de pontos

 

No segundo dia de greve, o governo anunciou que iria cortar o ponto dos servidores que tivessem aderido à greve.

De acordo com a assessoria de comunicação, o estado decidiu obedecer à determinação do Supremo Tribunal Federal (STF) que trata do corte de ponto de grevistas.

“Conforme o STF, o ponto deve ser cortado imediatamente à deflagração do movimento grevista. Com o fim do movimento, os profissionais podem repor as aulas, caso haja acordo entre Poder Executivo e servidores, e serão remunerados pela reposição”, disse o governo em nota.

 

Salários

 

O governo também anunciou cortes nos salários dos profissionais em greve. Por um equívoco, os que não estão em greve também foram atingidos, mas a administração estadual informou que irá corrigir o erro.

 

Situação das creches

 

As creches do estado Maria Eunice Duarte de Barros e Nasla Joaquim Aschar continuaram atendendo normalmente durante a greve da categoria.

A maioria dos professores e servidores da educação que trabalham nas creches não aderiram ao movimento grevista. No entanto, o Conselho Escolar da unidade aprovou a paralisação das atividades.

Nessa quinta-feira (6) os professores e pais de alunos da creche Maria Eunice Duarte de Barros procuraram o governo para relatar a situação.

Eles afirmam que a greve pode prejudicar o andamento das aulas e que, a reposição de aulas, prejudicaria a interação dos pais com as crianças, visto que as aulas de reposição seriam nos finais de semana.

O governo informou que encaminhará as demandas apresentadas pela creche para análise da Procuradoria Geral do Estado (PGE) e que uma reunião entre os pais e professores deve ser agendada com o procurador-geral do estado, Francisco de Assis da Silva Lopes.


 

Autor: Por G1MT
Data: 10/06/2019
Noticias da Sessão: Cidades
» Assembleia de SP aprova projeto que prevê cesárea sem indicação médica no SUS
» Eliminação de Tarifas: Acordo Mercosul-UE vai beneficiar setor de fruticultura, diz Bolsonaro
» Petrobras reduz preço do diesel em 4,6% e acaba com periodicidade para reajustes
» Regularização Fundiária: Fruto de ocupações, Cuiabá tem 61% dos bairros irregulares
» Parceria entre Prefeitura e comunidade promove revitalização do Centro de Saúde do Tijucal
» Sem Piquetes: TJ proíbe sindicato de impedir entrada de professores em escolas
» Estratégia de Cuiabá no combate ao aedes aegypti é destaque nacional
» Prefeitura de Cuiabá convoca candidatos aprovados no Processo Seletivo da Educação
» Veja lista: Concursos em Mato Grosso têm salários de até R$ 5,5 mil
» Empresas e motoristas fecham acordo; ônibus voltam a circular
» Greve dos servidores da educação de MT completa duas semanas sem acordo com o governo
» Compromisso: Prefeitura se compromete a ajudar no pagamento dos salários atrasados dos funcionários da Santa Casa
» Personagens de MT: "Rondon foi um grande pacifista e merecia o Prêmio Nobel"
» No berço da cidade: Ceramistas abrem ateliê e querem resgate do Centro Histórico
» Operação Lei Seca: Polícia prende 8 motoristas embriagados e apreende 34 veículos
 
Tempo
 
Copyright © 2008 Todos os direitos reservados ao NavegadorMT.