Cuiabá 20/06/2019
Busca:  
 Home
 Últimas Notícias
 Cidades
 Política
 Esporte
 Polícia
 Meio Ambiente
 Turismo
 Agronegócio
 Mundo
 Artigos
 Aúdio e Video
 Galeria de Fotos
 Quem Somos
 Fale Conosco
Tunel do Tempo
 
Aquecido "Triângulo da Lavagem"

 Denuncias
 Enquete


Politica
Transporte Público: MPE abre inquérito e acompanha licitação lançada em Cuiabá

Investigação foi oficializada no dia em que o prefeito Emanuel Pinheiro anunciou o certame


 

O Ministério Público Estadual (MPE) instaurou um inquérito civil para acompanhar o processo licitatório para a contratação de empresas que irão atuar no transporte público de Cuiabá.

 

A investigação foi oficializada pelo promotor de Justiça Roberto Aparecido Turin no último dia 27, mesma data em que o prefeito da Capital Emanuel Pinheiro (MDB) lançou a licitação.

 

 

Na portaria de abertura da investigação, o promotor citou um documento no qual a Procuradoria-Geral de Justiça o designa para acompanhar todos os trâmites relativos ao certame.

 

“Considerando a necessidade de instruir os autos com maiores informações para o fim último de subsidiar medidas judiciais ou extrajudiciais porventura cabíveis, resolvo instaurar inquérito civil para acompanhar o processo de licitação do transporte coletivo que será realizado pela Prefeitura Municipal de Cuiabá”, determinou Turin.

 

Ao abrir a investigação, o promotor requereu que seja notificado o conselheiro interino do Tribunal de Contas do Estado, Isaías Lopes da Cunha, para que encaminhe ao MPE cópia de relatório técnico relativo a uma auditoria feita na Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semob).

 

Licitação

 

A última licitação para o transporte público foi realizada em 2002, na gestão do então prefeito Roberto França.

 

O novo processo licitatório - lançado pela Prefeitura de Cuiabá - estabelece que as empresas deverão operar um frota de 420 veículos pelos próximos 20 anos - prazo prorrogável por mais 10 anos. 

 

Conforme publicado no Diário Oficial do Estado, fica estipulado que, assim que as novas empresas assumirem, 30% dos veículos deverão ter ar condicionado. Até o ano que vem, o número deve aumentar para 70% e, em 2024, o serviço deverá estar disponível em todos os veículos da frota.

 

Ao lançar a licitação, o prefeito Emanuel Pinheiro disse prever que, em até 45 dias, Cuiabá já conheça as novas empresas que operarão o transporte público.

 

Leia mais sobre o assunto:

 

Emanuel lança licitação e prevê 100% da frota com ar até 2024

 

Autor: GD: Jessica Bachega
Data: 03/06/2019
Noticias da Sessão: Politica
» Eleições: Botelho diz que deixará decisão sobre futuro político para 2020
» União se recusa a ser avalista de empréstimo de US$ 250 milhões do governo de MT
» NA DIVISA DE MT: Bolsonaro critica esquerda e diz que não atrapalhará quem produz
» Transporte Público: MPE abre inquérito e acompanha licitação lançada em Cuiabá
» Pinheiro aproxima poder público e população com programa “Prefeito no seu bairro”
» US$ 332 milhões: Governo aciona STF para garantir empréstimo com o Banco Mundial
» Greve da Educação: Dar aumento salarial é emitir um cheque sem fundo, diz Mauro
» Prefeito entrega mais 90 leitos de enfermaria e parque tecnológico de imagens do HMC
» Punição severa: OAB exclui advogados que foram secretários de Silval
» Santa Cruz de La Sierra: Mauro Mendes inicia negociação com Evo Moraes para comprar gás boliviano
» Prefeito mantém compromisso com servidores no pagamento dos salários dentro do mês trabalhado
» Na região Sul, prefeito entrega o primeiro Centro Educacional Infantil Cuiabano
» Desentendimento que segue: Vídeo mostra sessão na Câmara que termina em tapas
» us$ 250 milhões: Diretoria do Banco Mundial aprova empréstimo para Mato Grosso
» Na Educação: Governo Mendes encara a primeira greve em sua gestão
 
Tempo
 
Copyright © 2008 Todos os direitos reservados ao NavegadorMT.