Cuiabá 15/07/2019
Busca:  
 Home
 Últimas Notícias
 Cidades
 Política
 Esporte
 Polícia
 Meio Ambiente
 Turismo
 Agronegócio
 Mundo
 Artigos
 Aúdio e Video
 Galeria de Fotos
 Quem Somos
 Fale Conosco
Tunel do Tempo
 
Aquecido "Triângulo da Lavagem"

 Denuncias
 Enquete


Politica
Colniza: MPE pede afastamento de prefeito por superfaturamento

A Promotoria também solicitou o bloqueio de bens do prefeito, dos proprietários da empresa ganhadora da licitação e a presidente da Comissão de Licitação.


 

O Ministério Público do Estado (MPE) pediu o afastamento do prefeito de Colniza (1.065 km a Nordeste de Cuiabá), Celso Leite Garcia (PT) por suspeita de superfaturamento em obras de asfaltamento no município. A Promotoria também solicitou o bloqueio de bens do prefeito, dos proprietários da empresa ganhadora da licitação e a presidente da Comissão de Licitação.

 

Segundo as investigações, que começaram por causa de uma denúncia anônima, antes mesmo do processo em si, um parecer jurídico indicou a ausência de projeto básico executivo, no entanto, a presidente da Comissão de Licitação, Vania Orben, "ignorou o parecer jurídico neste ponto e prosseguiu com o certame licitatório".

 

 

Leia também - Prefeito de Mato Grosso recorre ao STJ para sair da cadeia

 

 

O processo licitatório foi realizado em 07 de janeiro, tendo como ganhadora a empresa Mato Grosso Comércio de Asfalto, com lance de R$ 5,5 milhões. No mesmo dia, o prefeito homologou a licitação e em 29 de janeiro foi feito um aditivo no contrato, de R$ 299 mil.

 

Ainda segundo as investigações, em 30 de janeiro, foram pagos R$ 299 mil à empresa, sem que nenhum serviço tivesse sido executado.

 

Em seu argumento na petição à Justiça, o promotor Aldo Kawamura Almeida afirma que “para o Direito Administrativo Brasileiro, superfaturamento não é apenas o aumento indevido dos valores por serviços ou obras, mas também o adiantamento de valores de forma ilegal, como ocorreu no presente caso”.

 

Depois que o caso foi denunciado, a controladora interna da Prefeitura procurou o MPE, dizendo que "teme por sua vida e diz que foi solicitada a explicação de porquê teria encaminhado denúncias ao Ministério Público sobre a licitação referente à pavimentação asfáltica".

 

Outro lado

O prefeito Celso Garcia informou que já apresentou sua defesa ao Poder Judiciário e que aguarda a decisão.


 

Autor: GD - Thalyta Amaral
Data: 06/05/2019
Noticias da Sessão: Politica
» Eleições: Botelho diz que deixará decisão sobre futuro político para 2020
» União se recusa a ser avalista de empréstimo de US$ 250 milhões do governo de MT
» NA DIVISA DE MT: Bolsonaro critica esquerda e diz que não atrapalhará quem produz
» Transporte Público: MPE abre inquérito e acompanha licitação lançada em Cuiabá
» Pinheiro aproxima poder público e população com programa “Prefeito no seu bairro”
» US$ 332 milhões: Governo aciona STF para garantir empréstimo com o Banco Mundial
» Greve da Educação: Dar aumento salarial é emitir um cheque sem fundo, diz Mauro
» Prefeito entrega mais 90 leitos de enfermaria e parque tecnológico de imagens do HMC
» Punição severa: OAB exclui advogados que foram secretários de Silval
» Santa Cruz de La Sierra: Mauro Mendes inicia negociação com Evo Moraes para comprar gás boliviano
» Prefeito mantém compromisso com servidores no pagamento dos salários dentro do mês trabalhado
» Na região Sul, prefeito entrega o primeiro Centro Educacional Infantil Cuiabano
» Desentendimento que segue: Vídeo mostra sessão na Câmara que termina em tapas
» us$ 250 milhões: Diretoria do Banco Mundial aprova empréstimo para Mato Grosso
» Na Educação: Governo Mendes encara a primeira greve em sua gestão
 
Tempo
 
Copyright © 2008 Todos os direitos reservados ao NavegadorMT.