Cuiabá 19/08/2019
Busca:  
 Home
 Últimas Notícias
 Cidades
 Política
 Esporte
 Polícia
 Meio Ambiente
 Turismo
 Agronegócio
 Mundo
 Artigos
 Aúdio e Video
 Galeria de Fotos
 Quem Somos
 Fale Conosco
Tunel do Tempo
 
Aquecido "Triângulo da Lavagem"

 Denuncias
 Enquete


Politica
Empréstimo: Botelho quer reunir deputados e crê em "aprovação tranquila"

Governador do Estado espera que Assembleia Legislativa aprove operação com o Banco Mundial


 

O presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho (DEM), afirmou que a mensagem encaminhada pelo Executivo, que pede autorização da Casa para o Estado contrair um empréstimo de US$ 250 milhões junto ao Banco Mundial, deve ser aprovada com tranquilidade pelos deputados.

 

O Estado pretende usar o montante para quitar um empréstimo – feito ainda na gestão do ex-governador Silval Barbosa - junto ao Bank of America. E com isso, ter uma dívida, só que com melhores condições de pagamento: prazo alongado de 4 para 20 anos e com juros anuais passando dos atuais 5% ao ano para 3,5%.

 

“Vou me reunir com os deputados, mostrar a eles a importância dessa medida. Acredito que dentro de 5 a 10 sessões dá pra aprovar esse projeto tranquilamente”, afirmou Botelho.

 

Vou me reunir com os deputados, mostrar a eles a importância dessa medida. Acredito que dentro de 5 a 10 sessões dá pra aprovar esse projeto tranquilamente

O presidente da Assembleia participou da reunião realizada nesta semana entre membros do Governo e representantes do Banco Mundial.

 

Segundo Botelho, os diretores do banco e representantes da Secretaria do Tesouro Nacional (STN) deixaram claro que o empréstimo feito a Mato Grosso só é possível em razão de medidas adotadas pelo Executivo desde o início da gestão.

 

“Eles afirmaram que estão abrindo as portas, justamente porque Mato Grosso aprovou os projetos importantes de equilíbrio fiscal já no início da administração. Então, eles estão estendendo a mão para Mato Grosso”, afirmou Botelho.

 

O presidente disse ainda que tentará sensibilizar os colegas de que o empréstimo é "vital" para Mato Grosso já que, se concretizado, possibilitará, entre outros pontos, um alívio de caixa de R$ 763 milhões para o Estado até 2022.

 

Com isso, segundo Botelho, abre-se margem para outros investimentos no Estado nos próximos anos.

 

“Com essa operação, dentro de um ano, Mato Grosso terá uma nota melhor [capacidade de pagamento] e pode, inclusive, abrir caminhos para novos financiamentos dentro do Estado", disse Botelho.

 

“É uma sinalização muito importante e vou levar essa mensagem para os deputados, de forma que acredito que esse projeto será aprovado o mais rápido possível”, concluiu.

 

Críticas

 

A medida, no entanto, já é alvo de críticas por parte de alguns deputados, especialmente os de oposição.

 

O deputado Lúdio Cabral (PT), por exemplo, condenou o fato de o governador Mauro Mendes (DEM) propor o empréstimo que refletirá em gestões posteriores.

 

“A proposta de alongamento de uma dívida que hoje vai até 2022 para até 2039, alcançando além desse governo mais quatro governos. [...] A minha preocupação é que exigências eventuais são essas e em que medida eles podem comprometer a qualidade do serviço público do Estado”, afirmou Lúdio. 

 

“Além do fato do governador contrariar o próprio discurso que criticou o governador anterior de deixar dívida para governos seguintes, ele vai deixar de pagar R$ 270 milhões até 2022 para quitar essa dívida com o Bank Of America, e vai deixar R$ 200 milhões de dívidas para os governos seguintes com a dívida dolarizada”. 

 

Leia mais sobre o assunto:

 

Lúdio: "Com empréstimo, Mendes contraria o próprio discurso"

 

MT fecha empréstimo e prevê economizar R$ 763 milhões até 2022

 

Autor: Midia News - CAMILA RIBEIRO DA REDAÇÃO
Data: 24/03/2019
Noticias da Sessão: Politica
» Condenação Anulada - Perri: "Deve-se evitar que a ação penal se torne um reality show"
» Eleições: Botelho diz que deixará decisão sobre futuro político para 2020
» União se recusa a ser avalista de empréstimo de US$ 250 milhões do governo de MT
» NA DIVISA DE MT: Bolsonaro critica esquerda e diz que não atrapalhará quem produz
» Transporte Público: MPE abre inquérito e acompanha licitação lançada em Cuiabá
» Pinheiro aproxima poder público e população com programa “Prefeito no seu bairro”
» US$ 332 milhões: Governo aciona STF para garantir empréstimo com o Banco Mundial
» Greve da Educação: Dar aumento salarial é emitir um cheque sem fundo, diz Mauro
» Prefeito entrega mais 90 leitos de enfermaria e parque tecnológico de imagens do HMC
» Punição severa: OAB exclui advogados que foram secretários de Silval
» Santa Cruz de La Sierra: Mauro Mendes inicia negociação com Evo Moraes para comprar gás boliviano
» Prefeito mantém compromisso com servidores no pagamento dos salários dentro do mês trabalhado
» Na região Sul, prefeito entrega o primeiro Centro Educacional Infantil Cuiabano
» Desentendimento que segue: Vídeo mostra sessão na Câmara que termina em tapas
» us$ 250 milhões: Diretoria do Banco Mundial aprova empréstimo para Mato Grosso
 
Tempo
 
Copyright © 2008 Todos os direitos reservados ao NavegadorMT.