Cuiabá 22/02/2019
Busca:  
 Home
 Últimas Notícias
 Cidades
 Política
 Esporte
 Polícia
 Meio Ambiente
 Turismo
 Agronegócio
 Mundo
 Artigos
 Aúdio e Video
 Galeria de Fotos
 Quem Somos
 Fale Conosco
Tunel do Tempo
 
Aquecido "Triângulo da Lavagem"

 Denuncias
 Enquete


Cidades
Cuiabá: Justiça autoriza funcionamento de novo Pronto-Socorro

Na inauguração da unidade, o prefeito explicou que o funcionamento dependia de uma decisão da juíza Célia Regina Vidotti, da Vara de Ação Pública e Ação Popular.


 

Prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (MDB) anunciou por meio de suas redes sociais nesta quarta-feira (6) que a Justiça deu parecer favorável ao funcionamento do novo Pronto-Socorro de Cuiabá.

 

Leia também - Câmeras de segurança registram momento em que mulher é atropelada por bandidos

 

O empreendimento foi entregue à população cuiabana no dia 28 de dezembro de 2018, contudo, sem funcionamento. Obra foi possibilitada pelo programa do Governo Federal denominado "Chave de Ouro", que fez o repasse de R$ 100 milhões. 

 

"É uma grande notícia. Pensa em um cara feliz, não apenas feliz enquanto prefeito, mas feliz em nome de cerca de 500 mil cuiabanos que não têm plano de saúde, que dependem da saúde pública e do Sistema Único de Saúde porque não têm condições de pagar", disse Pinheiro. 

 

Na inauguração da unidade, o prefeito explicou que o funcionamento dependia de uma decisão da juíza Célia Regina Vidotti, da Vara de Ação Pública e Ação Popular. O empecilho seria a ala ambulatorial.  

 

“[O atendimento no hospital] depende da Justiça, se dependesse de mim começaria agora, na fase para ambulatório, onde já temos 7 especialidades médicas, uma sala de curativos e outra para pequenas cirurgias, mas decisão judicial não se discute se cumpre” afirmou, na ocasião.   

 

O novo hospital terá 315 leitos, sendo 40 para Unidades de Terapia Intensiva (UTI), e 64 para ala pediátrica. A unidade terá 21 mil metros quadrados de área construída em um terreno com 7,5 hectares. A área destinada para construção do prédio é ampla, permite uma futura ampliação do prédio, e ainda comporta a operação futura de um heliporto. 

 

"Alguns deputados me chamaram para briga, me criticaram, tentaram me colcoar uma culpa que não era minha, mas o mais importante é que esta obra está concluída e pronta para atender a população cuiabana e mato-grossense", disse em sua transmissão.

 

Autor: GD: Ana Flávia Corrêa
Data: 06/02/2019
Noticias da Sessão: Cidades
» Foi salvo: Bebê de um ano é salvo por policias durante afogamento em piscina
» Curso de Medicina: MPF apura suposta fraude em cotas para ingresso na UFMT
» Uber recebe US$ 50 bi em corridas em 2018, mas lucro ainda não aparece
» Preço médio da gasolina nas bombas tem menor valor desde janeiro de 2018, diz ANP
» Ameaça e Boatos: MPF move ação para suspender licença de barragem em MT
» Imprudência em Cuiabá: Câmera flagra acidente durante racha na Avenida Miguel Sutil
» Indenização: Justiça manda Caixa devolver R$ 34 mil a cliente por movimentações fraudulentas
» Cuiabá: Justiça autoriza funcionamento de novo Pronto-Socorro
» Após tragédia: Agência fará vistoria em Manso e mais 12 barragens em MT
» Confirmado: Tarifa de água terá reajuste de 4,6% em Cuiabá a partir de março
» Relatórios de Conselhos: Hospitais estão com medicamentos vencidos e superlotados
» Número de mortos em Brumadinho sobe para 110, e 238 estão desaparecidos
» Concessão: Investidores da Europa e dos EUA disputam aeroportos em MT
» País tem quase 200 barragens de mineração com alto potencial de dano
» Falta de combustível: Sem pagamento de fornecedor, viaturas da segurança voltam a parar
 
Tempo
 
Copyright © 2008 Todos os direitos reservados ao NavegadorMT.