Cuiabá 22/02/2019
Busca:  
 Home
 Últimas Notícias
 Cidades
 Política
 Esporte
 Polícia
 Meio Ambiente
 Turismo
 Agronegócio
 Mundo
 Artigos
 Aúdio e Video
 Galeria de Fotos
 Quem Somos
 Fale Conosco
Tunel do Tempo
 
Aquecido "Triângulo da Lavagem"

 Denuncias
 Enquete


Cidades
Falta de combustível: Sem pagamento de fornecedor, viaturas da segurança voltam a parar

É o que afirmou o governador Mauro Mendes (DEM) nesta terça-feira (29), em uma reunião com deputados e prefeitos do Vale do Guaporé.


 

Depois da polêmica do recolhimento de viaturas da segurança pública do Estado por causa do fim do contrato dos aluguéis de veículos, um novo problema atrapalha a circulação não só das viaturas da segurança, como também as que fazem o transporte de presos no sistema prisional. É o que afirmou o governador Mauro Mendes (DEM) nesta terça-feira (29), em uma reunião com deputados e prefeitos do Vale do Guaporé.

 

Com o discurso de muitas dívidas e poucos recursos, o governador expôs novamente a situação do Estado, que ele classifica como “muito mais quebrado, mais desorganizado e mais bagunçado do que eu podia imaginar”.

 

Leia também - Governo aluga casa no condomínio Alphaville para seguranças; secretário explica

 

Durante a reunião, ele afirmou estar resolvendo vários problemas diários, entre eles, o pagamento do fornecedor de combustível. “De hoje para amanhã vai parar um monte de viaturas, porque nós não temos o dinheiro para pagar os fornecedores de combustível. Hoje, o transporte de presos não está mais acontecendo. As viaturas da Sejudh estão todas sem abastecer”.

 

Segundo Mendes, a dívida é alta e, apesar do fornecedor propor um acordo, não existe recurso em caixa para esse pagamento. “Porque devemos R$ 17 milhões para o fornecedor e ele queria receber pelo menos R$ 1 milhão. E não tem como. Tenho compromisso de pagar o servidor. E se não pagar o servidor, é outra confusão, é greve. É dramática a situação do Estado”.

 

Farmácia de Alto Custo

 

Outro setor que também corre o risco de paralisar as atividades, de acordo com o governador, é a Farmácia de Alto Custo. “Se não pagar R$ 3 milhões para os fornecedores de remédios, em fevereiro vão parar quase todos os hospitais regionais do estado por falta de remédio, porque devemos R$ 15 milhões”.

 

Nesse caso, o Estado está tentando acordo com o fornecedor, tendo em vista a extensão e gravidade da paralisação dessa unidade de saúde. “Sexta-feira vamos pagar R$ 3 milhões, devemos R$ 15 milhões, para ele não parar de fornecer remédios”.

 

Outro lado

A assessoria de imprensa da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) informou por meio de nota que as viaturas da segurança pública (polícias, sistema penitenciário e sistema socioeducativo) estão com abastecimento normal. Inclusive na tarde de hoje será feito pagamento de parcelas referentes a 2018 do contrato da Sejudh. Duas viaturas do sistema penitenciário no interior do estado, que estavam em escolta, tiveram problema com abastecimento ontem, mas hoje foi normalizado. 

Autor: GD: Thalyta Amaral
Data: 30/01/2019
Noticias da Sessão: Cidades
» Foi salvo: Bebê de um ano é salvo por policias durante afogamento em piscina
» Curso de Medicina: MPF apura suposta fraude em cotas para ingresso na UFMT
» Uber recebe US$ 50 bi em corridas em 2018, mas lucro ainda não aparece
» Preço médio da gasolina nas bombas tem menor valor desde janeiro de 2018, diz ANP
» Ameaça e Boatos: MPF move ação para suspender licença de barragem em MT
» Imprudência em Cuiabá: Câmera flagra acidente durante racha na Avenida Miguel Sutil
» Indenização: Justiça manda Caixa devolver R$ 34 mil a cliente por movimentações fraudulentas
» Cuiabá: Justiça autoriza funcionamento de novo Pronto-Socorro
» Após tragédia: Agência fará vistoria em Manso e mais 12 barragens em MT
» Confirmado: Tarifa de água terá reajuste de 4,6% em Cuiabá a partir de março
» Relatórios de Conselhos: Hospitais estão com medicamentos vencidos e superlotados
» Número de mortos em Brumadinho sobe para 110, e 238 estão desaparecidos
» Concessão: Investidores da Europa e dos EUA disputam aeroportos em MT
» País tem quase 200 barragens de mineração com alto potencial de dano
» Falta de combustível: Sem pagamento de fornecedor, viaturas da segurança voltam a parar
 
Tempo
 
Copyright © 2008 Todos os direitos reservados ao NavegadorMT.