Cuiabá 26/03/2019
Busca:  
 Home
 Últimas Notícias
 Cidades
 Política
 Esporte
 Polícia
 Meio Ambiente
 Turismo
 Agronegócio
 Mundo
 Artigos
 Aúdio e Video
 Galeria de Fotos
 Quem Somos
 Fale Conosco
Tunel do Tempo
 
Aquecido "Triângulo da Lavagem"

 Denuncias
 Enquete


Politica
Proposta que facilita posse de armas é enviada a Bolsonaro; saiba o que prevê

Proposta simplifica comprovação da efetiva necessidade de posse de arma. Presidente vai decidir sobre o texto, que será editado até a próxima semana, segundo ministro.


 

O presidente Jair Bolsonaro já tem mãos a proposta que flexibiliza as regras para a posse de armas.

A proposta, formulada por técnicos do governo, está em análise pela equipe de Bolsonaro. O texto com as mudanças definitivas será decidido pelo presidente.

O ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, diz que o decreto – uma promessa de campanha de Bolsonaro – será editado até a semana que vem.

O texto prevê simplificar a comprovação da efetiva necessidade de posse de arma, um pré-requisito para se ter uma arma.

Com isso, segundo a proposta, novas situações objetivas poderiam permitir a posse como:

 

  • Moradores de zona rural que comprovarem essa necessidade.
  • Moradores de municípios com mais de 10 homicídios por 100 mil habitantes. A maioria das capitais brasileiras está dentro dessa faixa. Um levantamento do Fórum Brasileiro de Segurança Pública mostra que a média nacional em 2017 foi de 30 assassinatos por 100 mil habitantes.

 

Pela proposta, ficam mantidos pré-requisitos da lei como:

 

  • Ter curso de tiro.
  • Ter passado no exame psicotécnico.
  • Não ter antecedentes criminais.

 

O texto tratará somente da posse – não do porte de armas. A posse quer dizer que as pessoas têm o direito de manter a arma em casa. Para sair de casa com a arma, é preciso autorização para o porte.

O decreto muda a política de posse de armas, que era mais restritiva. Investigadores dizem que antes havia muitas negativas aos pedidos de posse porque o conceito de efetiva necessidade de uma arma era mais subjetivo.

 

Autor: Por Camila Bomfim, TV Globo — Brasília
Data: 08/01/2019
Noticias da Sessão: Politica
» Novos critérios: Governo do Estado sinaliza dificuldade para pagar RGA em 2019
» Empréstimo: Botelho quer reunir deputados e crê em "aprovação tranquila"
» Envolvido na Lava Jato: Parlamentares do PT se posicionam sobre Michel Temer
» Michel Temer chega à Superintendência da PF no Rio; ex-presidente vai ficar sozinho em sala
» Sistema Político: Mendes assume negociação com deputados da base na AL
» Cutucada de Emanuel: Mendes nega veneno e diz: “Fui prefeito e Santa Casa não fechou”
» Reunião na Petrobras: Mendes pede autorização para comprar gás natural da Bolívia
» Cargo vitalício: Governo e TCE vão acatar decisão que suspende posse de Maluf
» Foco na administração: Emanuel admite reunião com partido, mas não fala em reeleição
» Presidente da ALMT discorda de juiz e nega que escolha de deputado para vaga no TCE tenha sido rápida
» Cadeira no TCE, acompanhe: Candidatos a conselheiro fazem explanação; Rezende retira nome
» 'Número suficiente', diz presidente sobre quantidade de servidores da Câmara de Cuiabá
» Setor Público e Privado: Reforma da Previdência será enviada ao Congresso na quarta
» General da reserva, novo ministro da Secretaria-Geral atuou no Haiti e é paraquedista como Bolsonaro
» Suspeita de Superfaturamento: Governo fez pregão para comprar colheres de plástico a R$ 6 cada
 
Tempo
 
Copyright © 2008 Todos os direitos reservados ao NavegadorMT.