Cuiabá 16/11/2018
Busca:  
 Home
 Últimas Notícias
 Cidades
 Política
 Esporte
 Polícia
 Meio Ambiente
 Turismo
 Agronegócio
 Mundo
 Artigos
 Aúdio e Video
 Galeria de Fotos
 Quem Somos
 Fale Conosco
Tunel do Tempo
 
Aquecido "Triângulo da Lavagem"

 Denuncias
 Enquete


Politica
Após acordo: PGE nomeia sete novos procuradores e reforça quadros

Ingresso na carreira foi possível por meio de TAC firmado com o Ministério Público


 

O quadro de procuradores do Estado ganhou o reforço de sete novos membros, empossados no cargo na manhã desta quarta-feira (31.10), no auditório da Procuradoria Geral do Estado (PGE). 

 

Durante a cerimônia, a procuradora-geral do Estado, Gabriela Novis, lembrou que a posse só foi permitida por meio de Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), firmado com o Ministério Público, e homologado pelo Poder Judiciário. 

 

Estão nomeados para o cargo de procurador do Estado: Gabriel Meira Nóbrega de Lima, Ana Grazielle Gomes Lima Bezerra, Igor Veiga Carvalho Pinto Teixeira, Julyana Lannes Andrade, Telmo de Moura Passareli, Natalia de Vasconcelos Oliveira Ramos e Caroline de Vargas Tomelero.  

 

A procuradora-geral do Estado citou avanços da PGE ao longo da atual gestão estadual.

 

Em 2015 começamos com 68 procuradores e vamos fechar 2018 com 95. É um avanço histórico

“Em 2015 começamos com 68 procuradores e vamos fechar 2018 com 95. É um avanço histórico, um salto gigante para a PGE e para o cidadão mato-grossense, porque representa mais combate à corrupção, mais acompanhamentos de contratos e mais lisura em todos os atos administrativos”, disse Gabriela Novis.

 

O último concurso para procurador foi realizado em 2016. No ano seguinte ingressou o primeiro grupo de aprovados. A procuradora-geral citou a atuação dos seus antecessores, Patryck Ayala e Rogério Gallo, atual secretário de Fazenda do Estado, neste processo de evolução da PGE.

 

“São muitos avanços que a gente vai construindo aos poucos. Vocês não vão encontrar uma PGE pronta, é uma PGE em construção, mas eu posso afirmar que estão entrando na PGE no melhor momento”, afirmou a procuradora-geral.

 

Responsável pelo discurso em nome dos recém-empossados, Igor Veiga Carvalho Pinto Teixeira, 30 anos, afirmou que todos lutaram e se esforçaram para conquistar o cargo de procurador do Estado de Mato Grosso.

 

“Desde a faculdade eu tinha o sonho de exercer o cargo de procurador. Cheguei a primeira vez ser procurador do Estado da Bahia, mas por ter uma história de afinidade com o Estado resolvi vir para Cuiabá, que é uma cidade mais atrativa do que onde eu morava, Ilhéus (BA). Então, com certeza, é um dos dias mais felizes da minha vida. É uma expectativa muito boa, apesar de saber dos desafios e do trabalho que vai ser grande e muitos problemas a serem solucionados, mas estou muito feliz e espero exercer o cargo muito bem e contribuir para o povo mato-grossense”, reforçou.

 


 

Autor: Midia News - DA REDAÇÃO
Data: 03/11/2018
Noticias da Sessão: Politica
» Prefeito anuncia 100% de saneamento básico até 2024 e revela não pensar em reeleição
» 8 horas diárias: Servidores aceitam jornada maior imposta por Mauro Mendes
» Calote na política: TJ bloqueia 30% do salário de Pátio para pagar dívida com Botelho
» Enxugando a máquina: Mendes anuncia a extinção de 9 secretarias e corte de 3 mil cargos
» Sem nível superior: Neri Geller dorme em cela comum de penitenciária e defesa reforça inocência
» Vaga no Senado: Eleito, Jaime gasta R$ 2,5 milhões e fica com sobra de R$ 162
» Operação Capitu: Neri Geller é preso pela PF em desdobramento da Operação Lava Jato
» Campanha vitoriosa: Com R$ 5,5 milhões de despesas, Mendes gastou R$ 6,55 por voto
» Desdobramento da Lava Jato: Ministro Blairo Maggi evita comentar prisão de Neri Geller, ex-secretário do Mapa
» Reajuste de 16,38%: Senadores de MT votam a favor de aumento de salário de ministros
» Servidores dão prazo de uma semana para governo pagar RGA antes de nova greve geral
» Juíza manda anular estabilidades e veta a aposentadoria de vereador Jânio Calistro
» Transição de Governo: Redução de secretarias e corte de comissionados são metas de Mendes
» Fim à impunidade: Selma diz que Sérgio Moro irá atuar por mudanças nas leis penais
» Alternância no poder: Mato Grosso deve fazer a lição de casa para buscar novos investimentos, destaca vice-governador
 
Tempo
 
Copyright © 2008 Todos os direitos reservados ao NavegadorMT.