Cuiabá 23/01/2019
Busca:  
 Home
 Últimas Notícias
 Cidades
 Política
 Esporte
 Polícia
 Meio Ambiente
 Turismo
 Agronegócio
 Mundo
 Artigos
 Aúdio e Video
 Galeria de Fotos
 Quem Somos
 Fale Conosco
Tunel do Tempo
 
Aquecido "Triângulo da Lavagem"

 Denuncias
 Enquete


Politica
Equilibrio fiscal: Maluf quer estender MT Saúde para municípios do interior do Estado

Para o tucano, essa seria uma maneira de tentar garantir o equilíbrio fiscal que falta para o plano de saúde se sustentar no Estado.


 

O Deputado estadual, Guilherme Maluf (PSDB) defendeu a ampliação do MT Saúde para servidores de municípios do interior. Para o tucano, essa seria uma maneira de tentar garantir o equilíbrio fiscal que falta para o plano de saúde se sustentar no Estado.

 

“O plano tem que ser estendido. Hoje são 30 mil usuários, número insuficiente para garantir o equilíbrio fiscal do MT Saúde. O dinheiro recolhido com os usuários do plano, atualmente, não é suficiente para bancar os custos”, argumenta.

 

Segundo o parlamentar, as despesas do MT Saúde giram em torno de R$ 11 milhões e o valor pago por todos os servidores que contrataram os serviços do plano não passa de R$ 5 milhões, o que faz com que o governo do Estado tenha que arcar com a maior parte das despesas.

 

O plano foi criado em 2004 e passou por uma crise profunda em 2012, quando diversos prestadores de serviço suspenderam os atendimentos aos usuários por falta de pagamento. Na época, uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) chegou a instalada na Assembleia Legislativa para investigar supostos desvios.

 

Nesta semana, o déficit financeiro do MT Saúde voltou a ser tema de debate na Assembleia Legislativa. O deputado Allan Kardec (PDT), por exemplo, cobrou uma auditoria nas contas do MT Saúde e sugeriu uma parceria com um plano de saúde privado, para que a contrapartida do governo seja cada vez menor. Já o deputado Max Russi (PSB) defendeu a extinção do plano dos servidores públicos, por entender que ele não corresponde mais as expectativas.

 

Na avaliação de Guilherme Maluf, “da forma como está, o MT Saúde não tem futuro”. O tucano destacou, no entanto, ser “terminantemente contra o fim” dele. Sócio de um dos hospitais conveniados ao plano, o deputado sugeriu uma gestão com mais participação dos servidores.

 

“Não é justo que os prestadores de serviço do plano de saúde amarguem qualquer prejuízo com a passagem desse plano para uma bandeira”, afirmou. (Com informações da assessoria)


 

Autor: GD: Da assessoria
Data: 02/11/2018
Noticias da Sessão: Politica
» Insolência das contas: Veja benefícios que MT teria com decreto de calamidade financeira
» Lúdio vê crise criada por governo e cita renúncias de R$ 4 bilhões
» Nova estrutura: Jornalista Mauro Camargo é oficializado secretário adjunto de Comunicação
» Governo Mendes: Projeto da LDO entra em pauta na sessão desta terça da AL
» Diário Oficial: Mendes publica exoneração de 240 servidores de 15 pastas; veja a lista
» Mistério Tucano: Wilson Santos promete solução para zerar déficit do Estado
» LRF Estadual: Projeto cria poupança para investimento e veta bomba a sucessor
» Proposta que facilita posse de armas é enviada a Bolsonaro; saiba o que prevê
» Projeto Pronto: Mendes diz que novo Fethab destinará R$ 500 mi à infraestrutura
» Emenda Constitucional: Previdência, foro e aborto: saiba quais PECs Congresso pode votar
» Sob análise: Primeira-dama estuda reformulação do Núcleo de Ações Voluntárias
» Caixa vazio: Mendes escalona a folha e pagamento será finalizado no dia 30
» Cúpula definida: Coronel Assis é o novo comandante-geral da Polícia Militar
» Descentralização: Nomeado procurador-geral, Borges planeja expansão do Gaeco
» Casa dos Horrores: Salgadinhos vão custar R$ 20 mil durante recesso na Câmara Municipal de Cuiabá
 
Tempo
 
Copyright © 2008 Todos os direitos reservados ao NavegadorMT.