Cuiabá 16/11/2018
Busca:  
 Home
 Últimas Notícias
 Cidades
 Política
 Esporte
 Polícia
 Meio Ambiente
 Turismo
 Agronegócio
 Mundo
 Artigos
 Aúdio e Video
 Galeria de Fotos
 Quem Somos
 Fale Conosco
Tunel do Tempo
 
Aquecido "Triângulo da Lavagem"

 Denuncias
 Enquete


Cidades
Amor sem preconceito: Casamentos entre homossexuais crescem 111% em 1 ano em MT

Mato Grosso teve 36 casamentos gays no civil em 2017, segundo dados divulgados nesta semana pelo IBGE


 

 Trinta e seis casais gays formalizaram a união homoafetiva em 2017 em Mato Grosso, um aumento de 111% em relação ao ano anterior, quando houve 17 registros.

 

Os dados são do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e foram divulgados nesta semana. 

  

Durante séculos o casamento foi exclusividade dos heterossexuais. No entanto, em maio de 2013, o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) publicou uma resolução que passou a garantir aos casais homoafetivos o direito de se casarem no civil. Com a resolução, tabeliães e juízes ficaram proibidos de se recusar a registrar a união.

 

Nos registros oficiais, está o casal Everson, de 32 anos, e Jonathan Rosa, de 35.

 

“Nada mais justo que isso ocorra porque o casamento homoafetivo é como qualquer outro. Essa história de família tradicional brasileira é uma mística. A compreensão de família está muito além do casamento, de uma festa ou de opção sexual”, afirma Everson.

 

Até 2017, o Código Civil reconhecia como entidade familiar “a união estável entre o homem e a mulher, configurada na convivência pública, contínua e duradoura e estabelecida com o objetivo de constituição de família”. A lei foi alterada para estabelecer como família “a união estável entre duas pessoas”, mantendo o restante do texto do artigo.

 

O jornalista Airton Marques, de 28 anos, e o servidor público Raul Bruno, 25, optaram pela união estável no ano passado por questões burocráticas. Airton vê a conquista como uma forma da comunidade LGBT se afirmar na sociedade.

 

“Apesar de ser uma questão mais burocrática, vejo que a união estável, perante a sociedade, foi muito importante pra gente. Questão de pertencimento. De que temos direitos assim como todos os outros casais, que constroem uma vida a dois”, explicou.

 

Airton revelou que o processo de oficialização no cartório foi bem simples. Seu marido levou os documentos para dar entrada, pagou uma taxa e depois os dois foram assinar os papéis. Segundo ele, todo esse processo não durou mais de uma semana.

 

“Chamamos dois amigos como testemunhas e outra amiga foi no cartório com a gente para tirarmos algumas fotos. E convidamos outros amigos para uma pizzaria à noite. O momento merecia uma comemoração, mesmo que singela”, relembra o jornalista.

 

Everton, que é consultor de imóveis e cantor, também disse que não encontrou nenhuma dificuldade para registrar o seu casamento. Porém eles optaram por realizar uma grande festa para celebrar a união.

 

Chuva de arroz

 

Em março de 2016, Jonathan e Everson oficializaram o noivado com uma festa no condomínio onde moravam. Eles convidaram cerca de 100 amigos e familiares para comemorarem juntos.

 

“Foi nessa ocasião que eles [família] tiveram certeza das decisões que nós tínhamos tomado. Por enquanto era só um namoro mais discreto, uma coisa mais entre nós e alguns amigos mais próximos”, expôs o consultor.

 

Pouco depois, eles passaram a sentir a necessidade de se casarem. Em outubro do mesmo ano, eles decidiram realizar o casamento com uma cerimônia com tudo a que tinham direito.

 

“A gente casou em cartório e fizemos uma festa. Nós contratamos banda, buffet, foi completo. Foi para umas 130 pessoas”.

 

Os dois se conheceram em 2015 quando o consultor passou a seguir o perfil do futuro marido no Instagram, mas Everson contou que já tinha visto Jonathan, que atua como gerente comercial, em outras ocasiões.

 

Acervo Pessoal

Airton Marque e Raul Bruno - casamento

Airton Marques e Raul Bruno optaram por união estável

 

Eles então passaram a trocar mensagens pelo aplicativo uma semana depois da morte do pai do gerente.

 

“Ele estava em um momento bastante complicado e eu acabei me aproximando porque percebi que ele estava fragilizado. E como eu já tinha interesse, a gente marcou de conversar pessoalmente”, disse o cantor.

 

Eles se conheceram no dia 13 de setembro de 2015, uma semana depois já estavam namorando e quase ficando noivos.

 

“Na mesma semana em que eu conheci o Jonathan, eu já mandei fazer as alianças. Porque foi algo muito fora do que já tinha acontecido na minha vida”, explicou.

 

Airton e Raul também não descartam o casamento, porém querem realizar alguns objetivos pessoais antes. Eles também citam o alto custo de uma cerimônia como um dos empecilhos.

 

O casal se conheceu em novembro de 2013, por meio de um amigo em comum. Depois disso, o servidor público adicionou Ariton no Facebook.

 

“Começamos a conversar sobre profissão e rotina, nos conhecemos pessoalmente e, após um período, oficializamos nosso namoro em janeiro de 2014”, relembra o jornalista.

 

Na época, ele morava em uma quitinete próxima à Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), enquanto o namorado vivia com a família. Para facilitar a vida e o relacionamento, os dois decidiram morar juntos.

 

“Em janeiro de 2015, ele se mudou pra minha quitinete e começamos uma nova etapa da nossa história. Depois disso, como tínhamos uma gatinha e a quitinete estava pequena, nós mudamos para um apartamento”.

 

 
 
 
GALERIA DE FOTOS
Acervo Pessoal
Acervo Pessoal
Acervo Pessoal
Acervo Pessoal
Acervo Pessoal
 
 
 
 
 
 
 
 


 

Autor: Midia News - BIANCA FUJIMORI DA REDAÇÃO
Data: 02/11/2018
Noticias da Sessão: Cidades
» Luto em Juína: Ex-prefeito morre soterrado em barranco de garimpo
» O consumidor é quem paga: Preço do gás de cozinha chega a R$ 116 em Cuiabá
» Serviços: Comércio poderá abrir no feriadão; agências estarão fechadas
» Abandonados: OAB Peixoto de Azevedo constata abandono em Lar dos Idosos e cobra providências
» Fazendas e mercados batem recorde de casos de roubo de energia em Mato Grosso
» Fim do CNJ e CNMP: OAB cita preocupação e diz que proposta de Selma é retrocesso
» Sobrevivente: Piloto resgatado na mata é transferido de hospital e vai para UTI
» Imagens mostram mulher sendo arrastada por enxurrada - veja o vídeo
» Veja video: Piloto é encontrado vivo em floresta 3 dias após queda de avião
» Brasileiros já pagaram R$ 2 trilhões em impostos em 2018, diz associação comercial
» Acidente e mistério: Aeronave cai e piloto desaparece em Peixoto de Azevedo
» feriadão: Operação registra duas mortes e 10 presos por embriaguez
» Mulher é detida após invadir velório, beijar cadáver e tentar derrubar caixão
» Em reunião com motoristas das Uber, polícia traça estratégias para evitar assaltos durante corridas
» Amor sem preconceito: Casamentos entre homossexuais crescem 111% em 1 ano em MT
 
Tempo
 
Copyright © 2008 Todos os direitos reservados ao NavegadorMT.