Cuiabá 16/11/2018
Busca:  
 Home
 Últimas Notícias
 Cidades
 Política
 Esporte
 Polícia
 Meio Ambiente
 Turismo
 Agronegócio
 Mundo
 Artigos
 Aúdio e Video
 Galeria de Fotos
 Quem Somos
 Fale Conosco
Tunel do Tempo
 
Aquecido "Triângulo da Lavagem"

 Denuncias
 Enquete


Meio Ambiente
Floresta derrubada: Sema faz maior apreensão de madeira dos últimos 10 anos

Município de Colniza é considerado um dos maiores focos de desmatamento ilegal do Estado


 

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) apreendeu, em uma madeireira no distrito de Três Fronteiras (Guatá), em Colniza, 2.880 metros cúbicos de madeira ilegal, o equivalente a 140 caminhões carregados.

 

O Município do Noroeste de Mato Grosso é considerado um dos maiores focos de desmatamento ilegal e a apreensão de madeira em pátio realizada nesta quinta-feira (25) é a maior dos últimos dez anos.

 

A sétima fase da Operação Proteger foi conduzida por agentes da Sema Instituto de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso, Força Tática e Batalhão da Polícia Militar de Proteção Ambiental. 

 

Durante a operação, também foram embargadas outras duas madeireiras por atuarem em desconformidade com a licença ou contrariando normas ambientais.

 

Foram aplicados mais de R$ 1,3 milhão em multas para os três empreendimentos. Para realizar o trabalho, o serviço de inteligência da Sema identificou a movimentação suspeita de créditos de madeira e procedeu na incursão em campo para averiguar as irregularidades. 

 

“Assumimos em Paris o compromisso de zerar o desmatamento ilegal até 2020. A apreensão realizada em um dos pontos mais críticos de Mato Grosso é fruto de um trabalho constante e estruturante de investimento em fiscalização, integração de sistemas, inteligência, mapeamento da cadeia de custódia da madeira e transparência no setor”, destaca o secretário de Estado de Meio Ambiente André Baby. 

 

De acordo com o gestor, para atingir as metas definidas em acordos internacionais, a atuação conjunta e transversal dos diversos órgãos do Estado é fundamental para que as ações de combate ao desmatamento ilegal tenham êxito.

 

Em sete fases, a Operação Proteger, que tem o objetivo de coibir o comércio irregular de madeiras no estado de Mato Grosso, aplicou, ao longo de 2018, mais de 34 milhões de reais em multas e apreendeu cerca de 4.600 metros cúbicos de madeira irregular em pátio. 

 

“Dessa forma, as operações que visam o controle do comércio ilegal de madeira serão intensificados na região e divergências no comércio de madeira não serão toleradas pela fiscalização”, enfatiza o coordenador de Fiscalização de Flora (CFF) da Sema, Fabiano Bernini. O agente atuou em conjunto mais 15 pessoas na operação realizada em Colniza. 

 

Autor: Midia News - DA REDAÇÃO
Data: 27/10/2018
Noticias da Sessão: Meio Ambiente
» Metal nas nuvens: PJC deflagra operação contra empresas suspeitas de crime ambiental
» Aripuanã: Departamento que regula mineração diz que garimpo é forte agressão ambiental
» Garimpo em Aripuanã é batizado de nova 'Serra Pelada' e começa atrair centenas de pessoas
» Floresta derrubada: Sema faz maior apreensão de madeira dos últimos 10 anos
» Como reinventar uma usina gigante movida a carvão para produzir energia verde?
» Campo Novo do Parecis: Campus do IFMT é evacuado às pressas por causa de fogo em canavial - veja fotos e vídeos
» Distrito de Mimoso: Incêndio em Distrito de Leverger completa 5 dias matando animais e vegetação
» Incêndio ameaça parque de Chapada dos Guimarães - veja vídeos
» O risco dos incêndios florestais para a saúde humana
» Sema aplica multa de R$ 5,7 milhões e embarga usina após acidente ambiental - veja fotos
» Toneladas de lixo são retiradas de praias na República Dominicana
» Holanda: Porto de Roterdã comunica vazamento 'considerável' de óleo
» Indígenas do Xingu falam sobre mudanças climáticas em documentário precioso
» Grande Barreira de Corais resistiu a cinco eventos de quase extinção, diz estudo
» Após seis anos de seca severa no Nordeste, chuva muda a paisagem
 
Tempo
 
Copyright © 2008 Todos os direitos reservados ao NavegadorMT.