Cuiabá 19/10/2018
Busca:  
 Home
 Últimas Notícias
 Cidades
 Política
 Esporte
 Polícia
 Meio Ambiente
 Turismo
 Agronegócio
 Mundo
 Artigos
 Aúdio e Video
 Galeria de Fotos
 Quem Somos
 Fale Conosco
Tunel do Tempo
 
Aquecido "Triângulo da Lavagem"

 Denuncias
 Enquete


Polícia
Trio é preso pela PRF com mais de R$ 96 mil em dinheiro para compra de votos

Além dessa infração, foram constatadas condutas como: motoristas (14) e passageiros (14) sem cinto de segurança, crianças sem o uso da cadeirinha (6) e condutores realizando ultrapassagens indevidas (44).


 

Três pessoas foram presas transportando R$ 96,4 mil em espécie durante a Operação Eleições 2018 da Polícia Rodoviária Federal (PRF), que teve início na última sexta-feira (5) e encerrou neste domingo (7). Segundo os agentes, o trio autuado por crime eleitoral usaria o dinheiro para a compra de votos. 

 

As fiscalização foi realizada nas 5 rodovias federais que cortam Mato Grosso, entre elas BR-364, BR-070, BR-174, BR-158 e BR-163. Com o objetivo de coibir crimes eleitorais, as ações também visaram  segurança dos eleitores  com que pegaram a estrada até seus locais de votação

 

A 1ª apreensão foi feita nas primeiras horas da Operação na BR-070, no município de Poconé. Os PRFs encontram dentro de uma mochila no porta-malas de um veículo a quantia de R$89,9 mil. Os dois ocupantes do veículo foram encaminhados para a Polícia Federal e disseram aos policiais que o dinheiro foi pego em um escritório em Cuiabá e que serviria para pagar cabos eleitorais na cidade de Cáceres.

 

Mais R$6,5 mil foram apreendidos durante abordagem da PRF na BR-364, em Santo Antônio do Leverger, na tarde de sexta (5). Após denúncia, os policiais fiscalizaram o veículo Ford/Ka onde foram encontrados o dinheiro, material publicitário, além de uma lista que continha nomes de pessoas e seus dados eleitorais. Segundo informações, o valor seria utilizado na compra de votos de eleitores da localidade Agrovila das Palmeiras. Um homem foi detido e encaminhado para a Polícia Federal em Cuiabá.

 

A fiscalização foi intensificada nos pontos de maior incidência de acidentes e infrações de trânsito. O excesso de velocidade, uma das principais causas de acidentes graves em todo o Brasil, foi a infração mais cometida nas rodovias do Estado durante a operação. Os radares móveis capturaram imagens de 393 veículos circulando com velocidade acima da permitida na via. Na região de Rondonópolis, os PRFs flagraram automóveis a 175 Km/h, onde a máxima deveria ser 110 Km/h, e veículos de carga a 111 Km/h, onde o tráfego deveria ser a 90 Km/h.

 

Nos três dias da Operação, foram realizados cerca de 500 testes de alcoolemia e oito pessoas foram detidas por embriaguez ao volante. Só neste domingo (7), quando não houve Lei Seca Eleitoral, cinco motoristas foram apresentados na Polícia Civil após o etilômetro indicar concentração de álcool superior a 0,34 mg/l, o que é considerando crime pelo CTB. Além dessa infração, foram constatadas condutas como: motoristas (14) e passageiros (14) sem cinto de segurança, crianças sem o uso da cadeirinha (6) e condutores realizando ultrapassagens indevidas (44).

 

Em todo o Estado, a PRF registrou 17 acidentes, com 12 feridos e três óbitos. Na manhã deste domingo (7), os agentes atenderam, no km 13,2 da BR-174B, em Pontes e Lacerda, um acidente do tipo saída de pista envolvendo um veículo HB20 no qual estavam sete jovens. O adolescente de 17 anos que conduzia o carro morreu no local. Também neste domingo, por voltas das 18h15, um homem foi atropelado no km 15 da BR-163, em Itiquira. O outro óbito foi registrado na tarde de sábado (06) após colisão na BR-364, km 361, em Santo Antônio do Leverger. (Com informações da assessoria)

 

Autor: GD: Valquiria Castil
Data: 08/10/2018
Noticias da Sessão: Polícia
»
 
Tempo
 
Copyright © 2008 Todos os direitos reservados ao NavegadorMT.