Cuiabá 20/05/2019
Busca:  
 Home
 Últimas Notícias
 Cidades
 Política
 Esporte
 Polícia
 Meio Ambiente
 Turismo
 Agronegócio
 Mundo
 Artigos
 Aúdio e Video
 Galeria de Fotos
 Quem Somos
 Fale Conosco
Tunel do Tempo
 
Aquecido "Triângulo da Lavagem"

 Denuncias
 Enquete


Politica
Mendes consegue direito de resposta contra Taques por "fake news"; multa estipulada de R$ 60 mil

Além disto, o juiz auxiliar da propaganda, Jackson Coutinho, estipulou uma multa de R$ 60 mil por descumprimento da decisão que proibia a circulação do que foi considerado ‘fake news’, que versava sobre um suposto fatiamento de cargo.


 

 O candidato ao governo do Estado, Mauro Mendes (DEM), conseguiu direito de resposta contra o atual chefe do Executivo e candidato à reeleição, Pedro Taques (PSDB). Além disto, o juiz auxiliar da propaganda, Jackson Coutinho, estipulou uma multa de R$ 60 mil por descumprimento da decisão que proibia a circulação do que foi considerado ‘fake news’, que versava sobre um suposto fatiamento de cargo.

Leia mais:
Defesa de Mauro Mendes perde prazo e Taques ganha direito de resposta
 
Em áudio divulgado na propaganda de rádio, o programa de Taques versa sobre um suposto fatiamento de cargos, que teria sido acordado entre Mauro Mendes e o candidato a deputado federal, Carlos Bezerra (MDB) e que este acordo envolveria cifras milionárias.
 
“Importante ressaltar que a ausência de prova da veracidade da notícia publicada, ou seja, prova de que as referidas afirmações, que o “acordo entre Mauro Mendes e Carlos Bezerra envolveu cifras milionária e o fatiamento de futuros cargos em secretaria”, realmente existiram, entendo, tratar-se, sim de notícia falsa (fake News)”, diz trecho da decisão.
 
O magistrado entende que, neste caso, extrapolou-se o direito de informar descambando para o campo da ofensa a honra de Mauro Mendes.
 
O direito de resposta deverá ser exercido com um tempo de um minuto e deverá ser exercido no início do programa eleitoral e no mesmo horário em que foi originariamente veiculado. No tocante ao descumprimento da decisão liminar, ainda subsiste o quantum da multa de R$ 20 mil.
 
“A cada veiculação do áudio objurgado a ser aplicada aos Representados. Assim, considerando que o representado foi intimado no dia 11/09/2018 as 12:28 (id. 69751), qualquer veiculação após esta data e horário entendo como descumprimento incidindo a multa acima citada. (...)a multa alcançaria a expressiva cifra de R$ 120 mil o que não me parece razoável e proporcional,  razão pela qual reduzo a multa para o montante total de R$ 60 mil”., diz outro trecho do documento.
 
O valor da multa será pago somente após a ação transitar em julgado.

Direito de resposta II

O Pleno do Tribunal Regional Eleitoral confirmou decisão que concedeu direito de resposta ao candidato ao Governo de Mato Grosso Pedro Taques (PSDB) contra Mauro Mendes (DEM) por propaganda veiculada no último dia 10 de setembro que acusava a gestão tucana de atrasar salário dos servidores. A defesa de Mauro Mendes chegou a pedir nulidade processual, alegando não ter sido intimada para apresentar defesa, tese que foi rechaçada pelo relator do caso, juiz Paulo Cézar Alves Sodré, cujo voto foi seguido pela maioria dos juízes eleitorais.

Paulo Sodré havia concedido direito de resposta a Pedro Taques por considerar que Mauro Mendes usou em seu horário eleitoral informações falsas sobre suposto atraso no pagamento de servidores. A assessoria jurídica de Mauro Mendes então recorreu e o mesmo juiz suspendeu o direito de resposta. Em decisão subseqüente, Sodré voltou a conceder o direito a Pedro Taques. Depois disso os advogados de Mendes alegaram ausência de citação e cerceamento da defesa para pedir nulidade processual.

 

 

Autor: Olhar Direto - Da Redação - Wesley Santiago
Data: 24/09/2018
Noticias da Sessão: Politica
» Decreto de Bolsonaro: Jaime: “Corte em orçamento de instituições federais é um atraso”
» Comissão aprova pela 2ª vez projeto que prevê redução da verba indenizatória de deputados de MT de R$ 65 mil para R$ 32,5 mil
» Relatora: Selma vota a favor de demissão de servidores em Comissão
» Colniza: MPE pede afastamento de prefeito por superfaturamento
» Sessões solenes e instalação de frente parlamentar marcam semana na ALMT
» Cerco fechado em MT: Acordo de Mendes manda Cira buscar “sonegadores contumazes”
» Secretário diz que Santa Casa de Cuiabá será reaberta em 1 mês até normalização de contratos, serviços e remédios
» Novela da Santa Casa: Ministro diz que não manda recurso sem abertura de contas
» Senadora Cassada: Fávero: “Quem pretendia sentar na cadeira vai ter que esperar”
» No aniversário da Capital, Roberto França relembra a Cuiabá dos 250 anos à atual
» Autorização para empréstimo: “Maior preocupação era a AL; dinheiro deve ser liberado até julho”
» Presidente da AMM lamenta morte do ex-prefeito Murilo Domingos
» Pedido do governador: Assembleia aprova empréstimo de US$ 332 milhões para MT
» Novos critérios: Governo do Estado sinaliza dificuldade para pagar RGA em 2019
» Empréstimo: Botelho quer reunir deputados e crê em "aprovação tranquila"
 
Tempo
 
Copyright © 2008 Todos os direitos reservados ao NavegadorMT.