Cuiabá 20/10/2018
Busca:  
 Home
 Últimas Notícias
 Cidades
 Política
 Esporte
 Polícia
 Meio Ambiente
 Turismo
 Agronegócio
 Mundo
 Artigos
 Aúdio e Video
 Galeria de Fotos
 Quem Somos
 Fale Conosco
Tunel do Tempo
 
Aquecido "Triângulo da Lavagem"

 Denuncias
 Enquete


Politica
Reunião da Executiva: DEM testa cinco nomes ao Governo e definição sai até dia 30

Segundo presidente estadual da sigla, Fábio Garcia, pesquisa será contratada pela executiva nacional


 

O DEM em Mato Grosso vai submeter cinco nomes do partido a uma pesquisa qualitativa e quantitativa para definir quem será o pré-candidato da sigla ao Governo do Estado nas eleições deste ano.

 

A definição ocorreu em uma reunião realizada pela legenda na noite de segunda-feira (7), em Cuiabá.

 

Serão avaliados os nomes do ex-prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes, dos ex-senadores Jaime Campos e Julio Campos, do presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho, e do deputado federal Fabio Garcia.

 

Definimos que até final de maio o DEM trabalhará como única opção a candidatura ao Governo. A executiva nacional contratará uma pesquisa para avaliar os nomes que o partido tem e as possibilidades desses nomes encabeçarem uma chapa

A pesquisa será contratada pela executiva nacional do partido e deve ser concluída até o final deste mês.

 

“Definimos que até final de maio o DEM trabalhará como única opção a candidatura ao Governo. A executiva nacional contratará uma pesquisa para avaliar os nomes que o partido tem e as possibilidades desses nomes encabeçarem uma chapa ao Governo”, disse o deputado Fabio Garcia, que preside o DEM no Estado.

 

Segundo ele, outros membros da sigla que se interessarem em pleitear o Paiaguás também poderão ser submetidos a pesquisa, se assim desejarem.

 

“No final do mês, o DEM, com essa pesquisa feita, sentará e decidirá o projeto do partido para Governo em 2018. Daqui até o final de maio, O único projeto do DEM será a construção da candidatura própria”.

 

Participaram da reunião Fabio Garcia, os irmãos Jaime e Julio, Botelho, além dos deputados estaduais Mauro Savi e Adriano Silva. Em viagem, Mauro Mendes e o deputado Dilmar Dal Bosco não estavam no encontro.

 

Sem prioridade

 

Apontado como um dos principais nomes para enfrentar o governador Pedro Taques (PSDB) – que deve sair à reeleição -,  Mauro Mendes não terá prioridade dentro do DEM.

 

Ao menos é o que afirma o deputado Fabio Garcia. “Estamos tratando todos os filiados de forma igualitária, todos serão submetidos ao mesmo critério. Não haverá tratamento diferenciado para ninguém”, disse.

 

“Claro que o Mauro é um grande nome. Nas pesquisas que já vimos, ele vem bem cotado tanto quantitativamente, quanto qualitativamente. Então, isso deve se refletir na pesquisa que vamos fazer também”.

 

O próprio Mauro já afirmou que a definição sobre sua pré-disposição em disputar o Governo deve sair até o final deste mês.

 

Por ora, ele diz que ainda analisa questões familiares e empresarias, já que sua empresa ainda está em processo de recuperação judicial.

 

Leia mais sobre o assunto:

 

 

Mauro pede mais prazo; Jaime diz que DEM tem planos A, B, C e D

 

Em almoço, grupo define "projeto" por MT e quer massificar líderes

 

Autor: Midia News - CAMILA RIBEIRO DA REDAÇÃO
Data: 08/05/2018
Noticias da Sessão: Politica
» Médicos, advogados, delegado e estrangeiro; Saiba quem são os 14 novos deputados estaduais
» Mauro escolhe primeiro nome para secretaria e promete demais definições até dezembro
» relação com prefeitos: “Ninguém vai sair sorrindo e depois me chamar de mentiroso”
» Oposição ou situação?: Deputados tucanos definirão posição no governo Mauro Mendes
» Partido Wellington Fagundes: Dono da maior bancada em 2014, PR é extinto na Assembleia Legislativa
» Saiba mais sobre a isenção de IR para quem ganha até 5 salários mínimos, proposta de Bolsonaro e Haddad
» Ranking da riqueza: Assembleia terá 12 deputados milionários; veja os bens dos 24 eleitos
» Escolha de secretariado: “Não dou Pasta para partidos; quem não der certo, game over”
» Haddad desiste de constituinte, diz que vai propor apenas emendas e se afasta de José Dirceu
» Bolsonaro afirma que ele é quem manda, desautoriza vice, descarta constituinte e diz que 'não existe' autogolpe
» Mauro Mendes vence em 128 cidades e tem mais votos que Taques em 2014
» Eleitos para Senado e Câmara: Mais votados, Nelson Barbudo e Selma Arruda surfaram na onda Bolsonaro
» Prefeito da coligação de WF apoia Mauro: "Tem competência e preparo"
» Veja o que acontece nos dias da última semana antes das eleições
» Novos números do voice: Em Mato Grosso, Mendes chega a 40%; WF tem 21% e Taques tem 19%
 
Tempo
 
Copyright © 2008 Todos os direitos reservados ao NavegadorMT.