Cuiabá 20/01/2019
Busca:  
 Home
 Últimas Notícias
 Cidades
 Política
 Esporte
 Polícia
 Meio Ambiente
 Turismo
 Agronegócio
 Mundo
 Artigos
 Aúdio e Video
 Galeria de Fotos
 Quem Somos
 Fale Conosco
Tunel do Tempo
 
Aquecido "Triângulo da Lavagem"

 Denuncias
 Enquete


Politica
Maluf defende que recursos de novo fundo sejam destinados ao MT Saúde

A Mensagem 43/2018, que propõe a criação do Fundo Estadual de Equilíbrio Fiscal de Mato Grosso (FEEF/MT), é de autoria do Poder Executivo


 

O deputado estadual Guilherme Maluf (PSDB) defende que parte dos recursos arrecadados para o Fundo Estadual de Equilíbrio Fiscal de Mato Grosso (FEEF/MT) sejam destinados ao MT Saúde. A Mensagem 43/2018, que propõe a criação do fundo, é de autoria do Poder Executivo e chegou nesta quarta-feira (25) à Assembleia Legislativa.

Durante sessão plenária matutina, Maluf externou sua preocupação com a manutenção do plano de saúde dos servidores públicos estaduais, que acumula dívidas milionárias. A proposta de destinar parte dos recursos do novo fundo ao plano será apresentada através de emenda à Mensagem, durante sessão plenária noturna de hoje.

“Eu acho que a decisão do governador de dirigir os recursos desse fundo para a saúde foi muito acertada. Dessa forma, vamos conseguir ajudar o setor a atravessar esse período critico. Porém, eu tenho uma preocupação muito grande com o MT Saúde, afinal estamos falando da saúde dos servidores públicos. São 30 mil usuários, mais de 60 mil pessoas que utilizam o plano, que está em uma situação muito complicada e, se não for acudido, pode perecer”, declarou o parlamentar na tribuna.

Guilherme Maluf lembrou ainda que, por conta da situação, muitos estabelecimentos de saúde já cancelaram o atendimento ao plano. “Acho que essa é uma forma de ressuscitarmos o MT Saúde”, concluiu.

Mensagem 43/2018

A Mensagem 43/2018 propõe a criação do Fundo Estadual de Equilíbrio Fiscal de Mato Grosso com o objetivo de alavancar recursos “para auxiliar na recomposição das finanças públicas estaduais, a fim de se promover o equilíbrio fiscal”.

Conforme texto encaminhado à Assembleia Legislativa, o fundo será constituído, principalmente, de recursos oriundos dos recolhimentos de Imposto sobre Operações relativas à Circulação de Mercadorias (ICMS) realizados pelos seguintes contribuintes:

- Beneficiários dos Programas de Desenvolvimento Industrial do Estado (PRODEI) e de Desenvolvimento Industrial e Comercial (PRODEIC) que atuam em setores estabelecidos no projeto;

- Empresas atacadistas e varejistas de materiais de construção;

- Empresas atacadistas de gêneros alimentícios industrializados e secos e molhados em geral;

- Empresas que promoverem saídas internas de farelo de soja, com dispensa de recolhimento do ICMS;

- Empresas que promoverem saídas interestaduais de farelo de soja, com utilização de crédito presumido;

- Empresas que promoverem saídas interestaduais de óleo de soja degomado, com utilização de crédito presumido;

- Empresas que promoverem saídas interestaduais de óleo de soja refinado, com utilização de crédito presumido;

- Empresas que promoverem saídas internas de carnes e miudezas comestíveis das espécies bovina, bufalina, suína e de aves frescas, refrigeradas ou congeladas, inclusive charques.

 

Autor: Renata Neves / Gabinete do deputado Guilherme Maluf
Data: 25/04/2018
Noticias da Sessão: Politica
» Insolência das contas: Veja benefícios que MT teria com decreto de calamidade financeira
» Lúdio vê crise criada por governo e cita renúncias de R$ 4 bilhões
» Nova estrutura: Jornalista Mauro Camargo é oficializado secretário adjunto de Comunicação
» Governo Mendes: Projeto da LDO entra em pauta na sessão desta terça da AL
» Diário Oficial: Mendes publica exoneração de 240 servidores de 15 pastas; veja a lista
» Mistério Tucano: Wilson Santos promete solução para zerar déficit do Estado
» LRF Estadual: Projeto cria poupança para investimento e veta bomba a sucessor
» Proposta que facilita posse de armas é enviada a Bolsonaro; saiba o que prevê
» Projeto Pronto: Mendes diz que novo Fethab destinará R$ 500 mi à infraestrutura
» Emenda Constitucional: Previdência, foro e aborto: saiba quais PECs Congresso pode votar
» Sob análise: Primeira-dama estuda reformulação do Núcleo de Ações Voluntárias
» Caixa vazio: Mendes escalona a folha e pagamento será finalizado no dia 30
» Cúpula definida: Coronel Assis é o novo comandante-geral da Polícia Militar
» Descentralização: Nomeado procurador-geral, Borges planeja expansão do Gaeco
» Casa dos Horrores: Salgadinhos vão custar R$ 20 mil durante recesso na Câmara Municipal de Cuiabá
 
Tempo
 
Copyright © 2008 Todos os direitos reservados ao NavegadorMT.