Cuiabá 26/03/2019
Busca:  
 Home
 Últimas Notícias
 Cidades
 Política
 Esporte
 Polícia
 Meio Ambiente
 Turismo
 Agronegócio
 Mundo
 Artigos
 Aúdio e Video
 Galeria de Fotos
 Quem Somos
 Fale Conosco
Tunel do Tempo
 
Aquecido "Triângulo da Lavagem"

 Denuncias
 Enquete


Cidades
Imagens de brigas entre estudantes viralizam nas redes sociais - veja vídeos

As brigas foram registradas em Cuiabá, Várzea Grande e Jangada (80 km ao norte da Capital).


 

Registros de brigas entre adolescentes nas ruas após saírem da aula, em pátios de escolas e até dentro de sala de aula têm ganhado as redes sociais com frequência em diferentes municípios do Estado. Nesta semana, mais 3 casos viralizaram nas redes sociais. As brigas foram registradas em Cuiabá, Várzea Grande e Jangada (80 km ao norte da Capital).

Entre os vídeos que ganharam destaque através dos próprios estudantes que gravam e compartilham com outros internautas está o caso de estudantes que bricaram  na frente da Escola Estadual Rubens de Mendonça, no bairro Cohab São Gonçalo, na Capital.

Os próprios adolescentes filmam enquanto um grupo com 4 ou 5 meninos atacam um garoto. Ao mesmo tempo em que incitam a “dar uma no bocão” eles mencionam espécies de ‘regras’ para brigar e interferem no embate dizendo que “é só um” que pode enfrentar o outro.

Pelas imagens não é possível saber os motivos dos confrontos. Em dois dos casos as brigas envolvem meninas. Inclusive, a mãe de uma das alunas da Escola Estadual Arnaldo Estevão de Figueiredo, de Jangada, publicou em sua página no Facebook o vídeo que mostra a filha apanhando, sendo atingida por vários socos desferidos por outra adolescente dentro da sala de aula.

                                                        

Indignada, a mulher relata que a diretora da instituição levou sua filha ensanguentada para a casa e pontuou que não seria a 1ª vez que a aluna agride os colegas e até ameaçou a filha de morte. Segundo ela, “a diretora não faz nada por medo da própria aluna”.

Nas imagens, a agressora ataca com socos a outra aluna, que tenta revidar e se desvencilhar com chutes. Depois a menina segura a outra pelos cabelos e continua a sessão de socos no rosto e pancadas na cabeça.

Durante todo o confronto, alunos que estão em volta olham a cena sem esboçar nenhuma ação de separar a briga, enquanto isso uma aluna filma “de camarote” toda a situação. Tudo acaba quando supostamente professores e diretora chegam na sala de aula.

Em Várzea Grande, o embate entre meninas aconteceu dentro da Escola Estadual Irene Gomes, no bairro Figueirinha. As meninas são filmadas se atracando pelos cabelos em meio a outros alunos que transitam no corredor principal da escola. Nesse caso, os próprios colegas intervêm no confronto e separam as meninas.

Esta matéria foi produzida através de sugestão de um internauta. Você também pode participar, enviando o pedido ao WhatsApp do Gazeta Digital. Para enviar sugestões, fotos e vídeos o número é (65) 9 9987-2065. Ou no in box do Face. 

                  

                 

 

                

 

Autor: Valquiria Castil, repórter do GD
Data: 01/03/2018
Noticias da Sessão: Cidades
» Delegado diz em CPI que inquérito sobre Brumadinho já permite apontar homicídio com dolo eventual
» Lava Jato: Após deixar a prisão, Temer volta para SP em avião de empresário delatado por Silval
» Santa Casa Fechada: Secretário cobra Prefeitura: “Quantos dias ainda vamos perder?”
» Em vídeo: Documentário do Grupo Gazeta de Comunicação faz homenagem aos 300 anos de Cuiabá
» Startup de educação mato-grossense é destaque no cenário de EdTechs nacional
» Cuiabá 300 anos: Emanuel cita "individualismo de setores" e cancela festival
» Brasil assina acordo que permite aos EUA lançar satélites da base de Alcântara
» Mistério na BR: Caminhoneiro é assassinado a tiros às margens da Rodovia dos Imigrantes
» Pânico em Cáceres: Aluno que sugeriu massacre em escola chora e se diz arrependido
» Blitz da Lei Seca prende 10 e apreende 32 veículos
» Piloto prodigio: Cuiabano de 10 anos é destaque nas pistas de kart do Brasil
» Foi salvo: Bebê de um ano é salvo por policias durante afogamento em piscina
» Curso de Medicina: MPF apura suposta fraude em cotas para ingresso na UFMT
» Uber recebe US$ 50 bi em corridas em 2018, mas lucro ainda não aparece
» Preço médio da gasolina nas bombas tem menor valor desde janeiro de 2018, diz ANP
 
Tempo
 
Copyright © 2008 Todos os direitos reservados ao NavegadorMT.