Cuiabá 24/09/2018
Busca:  
 Home
 Últimas Notícias
 Cidades
 Política
 Esporte
 Polícia
 Meio Ambiente
 Turismo
 Agronegócio
 Mundo
 Artigos
 Aúdio e Video
 Galeria de Fotos
 Quem Somos
 Fale Conosco
Tunel do Tempo
 
Aquecido "Triângulo da Lavagem"

 Denuncias
 Enquete


Cidades
Imagens de brigas entre estudantes viralizam nas redes sociais - veja vídeos

As brigas foram registradas em Cuiabá, Várzea Grande e Jangada (80 km ao norte da Capital).


 

Registros de brigas entre adolescentes nas ruas após saírem da aula, em pátios de escolas e até dentro de sala de aula têm ganhado as redes sociais com frequência em diferentes municípios do Estado. Nesta semana, mais 3 casos viralizaram nas redes sociais. As brigas foram registradas em Cuiabá, Várzea Grande e Jangada (80 km ao norte da Capital).

Entre os vídeos que ganharam destaque através dos próprios estudantes que gravam e compartilham com outros internautas está o caso de estudantes que bricaram  na frente da Escola Estadual Rubens de Mendonça, no bairro Cohab São Gonçalo, na Capital.

Os próprios adolescentes filmam enquanto um grupo com 4 ou 5 meninos atacam um garoto. Ao mesmo tempo em que incitam a “dar uma no bocão” eles mencionam espécies de ‘regras’ para brigar e interferem no embate dizendo que “é só um” que pode enfrentar o outro.

Pelas imagens não é possível saber os motivos dos confrontos. Em dois dos casos as brigas envolvem meninas. Inclusive, a mãe de uma das alunas da Escola Estadual Arnaldo Estevão de Figueiredo, de Jangada, publicou em sua página no Facebook o vídeo que mostra a filha apanhando, sendo atingida por vários socos desferidos por outra adolescente dentro da sala de aula.

                                                        

Indignada, a mulher relata que a diretora da instituição levou sua filha ensanguentada para a casa e pontuou que não seria a 1ª vez que a aluna agride os colegas e até ameaçou a filha de morte. Segundo ela, “a diretora não faz nada por medo da própria aluna”.

Nas imagens, a agressora ataca com socos a outra aluna, que tenta revidar e se desvencilhar com chutes. Depois a menina segura a outra pelos cabelos e continua a sessão de socos no rosto e pancadas na cabeça.

Durante todo o confronto, alunos que estão em volta olham a cena sem esboçar nenhuma ação de separar a briga, enquanto isso uma aluna filma “de camarote” toda a situação. Tudo acaba quando supostamente professores e diretora chegam na sala de aula.

Em Várzea Grande, o embate entre meninas aconteceu dentro da Escola Estadual Irene Gomes, no bairro Figueirinha. As meninas são filmadas se atracando pelos cabelos em meio a outros alunos que transitam no corredor principal da escola. Nesse caso, os próprios colegas intervêm no confronto e separam as meninas.

Esta matéria foi produzida através de sugestão de um internauta. Você também pode participar, enviando o pedido ao WhatsApp do Gazeta Digital. Para enviar sugestões, fotos e vídeos o número é (65) 9 9987-2065. Ou no in box do Face. 

                  

                 

 

                

 

Autor: Valquiria Castil, repórter do GD
Data: 01/03/2018
Noticias da Sessão: Cidades
» Após colisão, carreta pega fogo e outra cai em ribanceira na Serra Taipirapuã, veja video
» Parada Cardíaca: Rapaz passa mal e morre durante prova prática do Detran
» Jaciara: Operadora de caixa é executada com 5 tiros ao sair do trabalho
» Ao lado da igreja: “Perdemos tudo", diz moradora que teve casa incendiada em Cuiabá
» Bolsonaro tem alta da UTI, diz boletim médico
» Atroprlsmrnto na Miguel Sutil: Médica Letícia Bortolini é denunciada por 4 crimes pela morte de verdureiro
» Tempo seco: Umidade deve seguir baixa; médica alerta para riscos à saúde
» Garçom morre ao cair do 10º andar do Hotel Paiaguás
» Bolsonaro no Twitter: 'Estou bem e me recuperando'
» Prefeitura busca assegurar avanços na obra de pavimentação do Ribeirão do Lipa
» BR-163: Colisão entre motos deixa uma pessoa morta
» Acordo põe fim à greve de 30 dias e Santa Casa volta receber pacientes
» Previsão aponta chances de chuva e temperatura máxima de 37ºC na capital
» Socorro a Santa Casa - Governo pede autorização da AL para fazer repasse de R$ 3 mi
» Sem receber, enfermeiros da Santa Casa deflagram greve em Cuiabá
 
Tempo
 
Copyright © 2008 Todos os direitos reservados ao NavegadorMT.