Cuiabá 18/10/2018
Busca:  
 Home
 Últimas Notícias
 Cidades
 Política
 Esporte
 Polícia
 Meio Ambiente
 Turismo
 Agronegócio
 Mundo
 Artigos
 Aúdio e Video
 Galeria de Fotos
 Quem Somos
 Fale Conosco
Tunel do Tempo
 
Aquecido "Triângulo da Lavagem"

 Denuncias
 Enquete


Politica
Fundos em MT: Botelho oficializa criação da CPI e afirma que respeita deputados

Presidente da Assembleia disse que investigação é um "instrumento legítimo do parlamento"


 

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho (PSB), oficializou, na quarta-feira (17), a criação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que irá investigar supostos desvios na aplicação de fundos do Governo do Estado.

 

Os parlamentares irão apurar se o dinheiro do Fundo da Educação Básica (Fundeb) e do Fundo de Transporte e Habitação (Fethab) está sendo utilizado para pagar outros débitos do Poder Executivo.

 

Conforme o ato 01/2018, assinado pelo presidente, o prazo para conclusão dos trabalhos é de 180 dias, podendo ser prorrogáveis.

 

Não assinei a criação da CPI, mas respeito muito aqueles que assinaram. Pois trata-se de um instrumento legítimo do parlamento, não há nada de errado nisso

"Não assinei a criação da CPI, mas respeito muito aqueles que assinaram. Pois trata-se de um instrumento legítimo do parlamento. Não há nada de errado nisso", afirmou Botelho, ao MidiaNews.

 

No documento, Botelho detalha que a CPI deverá apurar e investigar a arrecadação dos recursos oriundos do Fethab adicional e do Fethab combustível, bem como a aplicação de ambos.

 

No que diz respeito ao Fundeb, os parlamentares deverão apurar os recursos e sua distribuição.

 

Composição

 

Botelho fixou o prazo de cinco dias para que os líderes dos blocos parlamentares indiquem os membros da CPI.

 

O presidente encaminhou ofícios para que a deputada Janaina Riva (PMDB), líder do Bloco Independente, faça a indicação de um membro titular e um suplente. Outro ofício, endereçado ao deputado Dilmar Dal Bosco (DEM), que lidera o Bloco Integração, pede a indicação de quatro membros titulares e quatro suplentes.

 

“Já encaminhei ofício aos líderes dos blocos e eles têm prazo de cinco dias para apresentarem os nomes. Se não fornecerem, dentre desse prazo constitucional, dou mais 48 horas. Se continuarem sem realizar as indicações, fica a cargo do presidente indicar, conforme regimento da Assembleia”, concluiu Botelho.

 

Veja fac-símile do ato do presidente:

 

 

CPI

 

O requerimento para criação da CPI, de autoria de lideranças partidárias, foi apresentando pelo deputado Oscar Bezerra (PSB) e recebeu 15 assinaturas, sendo 11 da base aliada.  

 

Além de Bezerra, assinaram o documento os deputados Alan Kardec, Valdir Barranco (PT), Janaina Riva (PMDB), Silvano Amaral (PMDB), Romoaldo Júnior (PMDB), Zeca Viana (PDT), Adalto de Freitas (Solidariedade), Mauro Savi (PSB), Guilherme Maluf (PSDB), José Domingos Fraga (PSD), Wancley Carvalho (PV), Wagner Ramos (PSD), Baiano Filho (PSDB), e o líder do Governo, Dilmar Dal'Bosco (DEM).

 

Leia mais sobre o assunto:

 

“Não temo absolutamente nada”, diz Taques sobre CPI dos Fundos

 

Quinze deputados criam CPI para investigar fundos do Governo

 

Autor: Midia News - CAMILA RIBEIRO
Data: 18/01/2018
Noticias da Sessão: Politica
» Médicos, advogados, delegado e estrangeiro; Saiba quem são os 14 novos deputados estaduais
» Mauro escolhe primeiro nome para secretaria e promete demais definições até dezembro
» relação com prefeitos: “Ninguém vai sair sorrindo e depois me chamar de mentiroso”
» Oposição ou situação?: Deputados tucanos definirão posição no governo Mauro Mendes
» Partido Wellington Fagundes: Dono da maior bancada em 2014, PR é extinto na Assembleia Legislativa
» Saiba mais sobre a isenção de IR para quem ganha até 5 salários mínimos, proposta de Bolsonaro e Haddad
» Ranking da riqueza: Assembleia terá 12 deputados milionários; veja os bens dos 24 eleitos
» Escolha de secretariado: “Não dou Pasta para partidos; quem não der certo, game over”
» Haddad desiste de constituinte, diz que vai propor apenas emendas e se afasta de José Dirceu
» Bolsonaro afirma que ele é quem manda, desautoriza vice, descarta constituinte e diz que 'não existe' autogolpe
» Mauro Mendes vence em 128 cidades e tem mais votos que Taques em 2014
» Eleitos para Senado e Câmara: Mais votados, Nelson Barbudo e Selma Arruda surfaram na onda Bolsonaro
» Prefeito da coligação de WF apoia Mauro: "Tem competência e preparo"
» Veja o que acontece nos dias da última semana antes das eleições
» Novos números do voice: Em Mato Grosso, Mendes chega a 40%; WF tem 21% e Taques tem 19%
 
Tempo
 
Copyright © 2008 Todos os direitos reservados ao NavegadorMT.