Cuiabá 16/02/2019
Busca:  
 Home
 Últimas Notícias
 Cidades
 Política
 Esporte
 Polícia
 Meio Ambiente
 Turismo
 Agronegócio
 Mundo
 Artigos
 Aúdio e Video
 Galeria de Fotos
 Quem Somos
 Fale Conosco
Tunel do Tempo
 
Aquecido "Triângulo da Lavagem"

 Denuncias
 Enquete


Meio Ambiente
Itiquira: Fiscalização apreende 173 kg de pescado irregular

Os peixes foram doados para instituições filantrópicas da cidade


 

Após três dias de operação de combate à pesca predatória e à caça ilegal no município de Itiquira, a equipe de fiscalização da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) apreendeu 173,7 kg de pescado irregular. A ação foi realizada em parceria com a Polícia Militar da 2° Companhia Ambiental de Rondonópolis.

 

Conforme o analista de Meio Ambiente da Sema que atua na coordenadoria de Fiscalização de Fauna do órgão, Fábio Rosa, a ação ocorreu entre os dias 03 e 06 de janeiro. Ninguém foi preso.

 

As espécies de peixes apreendidas foram de cachara, pacu e jiripoca. “Elas foram doadas para as instituições filantrópicas Casa do Bom Samaritano e Comunidade Terapêutica Casa do Oleiro, ambas situadas na cidade”, explicou Fábio.

 

A fim de coibir os crimes ambientais, a Sema intensificou no período de defeso as ações de prevenção nos rios por meio de patrulhamento fluvial, evitando a mortandade e retirada de peixes.

 

Também são realizados patrulhamentos terrestres nas vias de acesso aos rios, limitando o escoamento de pescado ilegal. As ações são realizadas em conjunto com policiais militares e outras instituições.

 

Período de defeso

 

Nesse período de defeso da piracema, que iniciou no dia 01 de outubro de 2017 e encerra no dia 31 de janeiro deste ano, só será permitida a modalidade de pesca de subsistência, praticada artesanalmente por populações ribeirinhas e/ou tradicionais, como garantia de alimentação familiar.

 

A cota diária por pescador (subsistência) é de 3 kg e um exemplar de qualquer peso, respeitando os tamanhos mínimos de captura estabelecidos pela legislação para cada espécie. Estão proibidos o transporte e comercialização de pescado oriundo da subsistência.

 

A modalidade pesque e solte ou pesca por amadores também estará proibida nos rios de Mato Grosso. Frigoríficos, peixarias, entrepostos, postos de venda, restaurantes, hotéis e similares tiveram até o segundo dia útil após o início da piracema para informar à Sema o tamanho de seus estoques de peixes in natura, resfriados ou congelados, provenientes de águas continentais, excluindo os peixes de água salgada.

 

Quem desrespeitar a legislação poderá ter o pescado e os equipamentos apreendidos, além de levar multa que varia de R$ 1 mil a R$ 100 mil, com acréscimo de R$ 20 por quilo de peixe encontrado.

 

Denúncias

 

A pesca predatória e outros crimes ambientais podem ser denunciadas por meio da Ouvidoria Setorial da Sema: 0800-65-3838; no site da Sema, por meio de formulário; nas unidades regionais do órgão ambiental ou ainda pelo aplicativo MT Cidadão.

Outros telefones para informações e denúncias: (65) 3613-7394 (Setor Pesca), nas unidades regionais da Sema, via WhatsApp no (65) 99281-4144 (Ouvidoria).

 

Autor: Midia News - DA REDAÇÃO
Data: 09/01/2018
Noticias da Sessão: Meio Ambiente
» Deputados apresentam sete projetos para alterar política de barragens
» Após denúncia: PM e Juvam apreendem mais de 400kg de pescado irregular
» Fernando de Noronha já tentou vetar o plástico descartável em 1996; novo decreto prevê multa a partir de abril
» Tamanduá-bandeira enfrenta onça-pintada - e leva a melhor na briga
» Piores desastres climáticos de 2018 causaram US$ 85 bilhões em danos, diz estudo
» Fernando de Noronha proíbe uso e venda de plásticos descartáveis
» Chapada: Governo quer transformar Mirante em área de proteção integral
» Metal nas nuvens: PJC deflagra operação contra empresas suspeitas de crime ambiental
» Aripuanã: Departamento que regula mineração diz que garimpo é forte agressão ambiental
» Garimpo em Aripuanã é batizado de nova 'Serra Pelada' e começa atrair centenas de pessoas
» Floresta derrubada: Sema faz maior apreensão de madeira dos últimos 10 anos
» Como reinventar uma usina gigante movida a carvão para produzir energia verde?
» Campo Novo do Parecis: Campus do IFMT é evacuado às pressas por causa de fogo em canavial - veja fotos e vídeos
» Distrito de Mimoso: Incêndio em Distrito de Leverger completa 5 dias matando animais e vegetação
» Incêndio ameaça parque de Chapada dos Guimarães - veja vídeos
 
Tempo
 
Copyright © 2008 Todos os direitos reservados ao NavegadorMT.