Cuiabá 18/10/2018
Busca:  
 Home
 Últimas Notícias
 Cidades
 Política
 Esporte
 Polícia
 Meio Ambiente
 Turismo
 Agronegócio
 Mundo
 Artigos
 Aúdio e Video
 Galeria de Fotos
 Quem Somos
 Fale Conosco
Tunel do Tempo
 
Aquecido "Triângulo da Lavagem"

 Denuncias
 Enquete


Politica
Novo projeto: Prefeito de Cuiabá garante que SEC 300 ficará melhor com mudanças

Extinção da Secretaria foi determinada pelo TCE, após representação protocolada pelo vereador Marcelo Bussiki (PSB)


 

O prefeito Emanuel Pinheiro (PMDB) afirmou que o novo projeto da Secretaria Extraordinária dos 300 anos (SEC 300) será aprimorado com respaldo do Tribunal de Contas do Estado (TCE) antes de ser encaminhado para a Câmara de Vereadores.

"A SEC 300 foi criada para fazer a função de articulação junto as secretarias e as outras instâncias de Poderes e instituições, e inclusive junto aos segmentos orgânicos da sociedade com foco nas ações para Cuiabá dos 300 anos. A estrutura dela é enxuta e desrespeito a pessoal, um custeio que vai fazer esse papel de articulação. Entretanto tivemos um debate em relação a matéria na câmara e viu-se a necessidade e em nome da transparência estamos aperfeiçoando o projeto para a Câmara", disse o prefeito.

A extinção da secretaria foi determinada pelo TCE, após representação protocolada pelo vereador Marcelo Bussiki (PSB). O principal ponto ressaltado pelo vereador é de que o projeto não apresentou a declaração do prefeito, de que as despesas criadas não afetariam as metas fiscais, bem como o plano de compensação para garantir que as despesas continuadas sejam quitadas.

"Está sendo recriada a secretaria e o prefeito optou por isso para não haver divergências no posicionamento jurídico. O vício encontrado poderia ter sido suprido só com o envio da documentação, mas o prefeito preferiu a recriação", disse o líder do prefeito na Câmara de Vereadores, Lilo Pinheiro (PRP).

Vereadores contrários

Alguns vereadores usaram a tribuna na manhã desta terça-feira (5) para se posicionar contra a recriação da secretaria. Felipe Wellaton (PV) que votou contrário desde o primeiro projeto, afirmou que a nova pasta é um gasto desnecessário para a prefeitura nesse momento de crise econômica.

"Convocamos toda a população que é contra essa secretaria, a virem para a Câmara e protestar contra essa nova despesa desnecessária. Estamos em tempos de crise e querem criar novos cargos e uma pasta nova, sendo que esse dinheiro poderia ser investido em melhorias para a Capital", disse o vereador.

 

Autor: Janaiara Soares, repórter do GD
Data: 05/12/2017
Noticias da Sessão: Politica
» Médicos, advogados, delegado e estrangeiro; Saiba quem são os 14 novos deputados estaduais
» Mauro escolhe primeiro nome para secretaria e promete demais definições até dezembro
» relação com prefeitos: “Ninguém vai sair sorrindo e depois me chamar de mentiroso”
» Oposição ou situação?: Deputados tucanos definirão posição no governo Mauro Mendes
» Partido Wellington Fagundes: Dono da maior bancada em 2014, PR é extinto na Assembleia Legislativa
» Saiba mais sobre a isenção de IR para quem ganha até 5 salários mínimos, proposta de Bolsonaro e Haddad
» Ranking da riqueza: Assembleia terá 12 deputados milionários; veja os bens dos 24 eleitos
» Escolha de secretariado: “Não dou Pasta para partidos; quem não der certo, game over”
» Haddad desiste de constituinte, diz que vai propor apenas emendas e se afasta de José Dirceu
» Bolsonaro afirma que ele é quem manda, desautoriza vice, descarta constituinte e diz que 'não existe' autogolpe
» Mauro Mendes vence em 128 cidades e tem mais votos que Taques em 2014
» Eleitos para Senado e Câmara: Mais votados, Nelson Barbudo e Selma Arruda surfaram na onda Bolsonaro
» Prefeito da coligação de WF apoia Mauro: "Tem competência e preparo"
» Veja o que acontece nos dias da última semana antes das eleições
» Novos números do voice: Em Mato Grosso, Mendes chega a 40%; WF tem 21% e Taques tem 19%
 
Tempo
 
Copyright © 2008 Todos os direitos reservados ao NavegadorMT.