Cuiabá 15/12/2017
Busca:  
 Home
 Últimas Notícias
 Cidades
 Política
 Esporte
 Polícia
 Meio Ambiente
 Turismo
 Agronegócio
 Mundo
 Artigos
 Aúdio e Video
 Galeria de Fotos
 Quem Somos
 Fale Conosco
Tunel do Tempo
 
Aquecido "Triângulo da Lavagem"

 Denuncias
 Enquete


Cidades
Transporte Particular: Motoristas e passageiros comemoram regulamentação de aplicativos

Aplicativos de transporte - O publicitário João Pedro Moura, que utiliza aplicativo com frequência, vê a decisão do Senado como favorável. É uma opção a mais para nós, diz.


 

Após a regulamentação de aplicativos particulares de transporte, como Uber, 99POP, Cabify, YetGo e outros similares, motoristas e passageiros de Cuiabá que são usuários dos serviços afirmam que só têm motivos para comemorar. As empresas disseram em nota que o Senado ouviu, de fato, as vozes dos motoristas, embora alguns motoristas tenham discordado, pois, segundo eles, o projeto era mais "pró-taxista".

Lina Omar, 25, jornalista, se diz feliz pela regulamentação, mas afirma a importância de se manter alguns itens, pois "ajudam a manter um certo controle urbano sobre os transportes", comenta.

Outro passageiro, o publicitário João Pedro Moura, de 22 anos, que utiliza o aplicativo Uber com frequência , inclusive para trabalhar, vê a decisão da Casa como algo favorável, pois "é uma opção a mais para nós, passageiros. Chega de pagar absurdos em táxis. Eles nos atendem com ignorância, às vezes mau humor, sem contar que estava quase virando um monopólio", ressalta.

Já Diego Carioca, 31, que é motorista do Uber e 99POP, a regulamentação representa uma vitória para a classe, pois agora os motoristas poderão trabalhar de maneira regular e diz que apenas os verdadeiros profissionais irão continuar.

Foto: Reprodução/Facebook

Diego Viana é motorista de Uber há 4 anos

"Foi uma vitória bem grande, né, por que já pensou se a gente tivesse que colocar placa vermelha como eles pediram e dos motoristas serem donos do automóvel no qual trabalham? Como ficaram? O que seria de quem não tem carro no próprio nome? Porque tem muitos que alugam. Seria uma burocracia, porque teriam que fazer isso tudo na prefeitura. Então foi uma grande vitória mesmo, agora vão ficar somente os profissionais", afirma.

Carioca diz ainda que eles querem contribuir com a "economia do País, com a mobilidade urbana e que trabalham sempre com preços mais justos". Afirma também que o transporte é benéfico para os passageiros, pois aumenta a concorrência.

Diego trabalha no Uber há 4 anos, desde a época que morava no Rio de Janeiro. Aqui em Cuiabá, antes de ser motorista, trabalhava no escritório, fazia cadastro de motoristas e também os auxiliavam.

Decisão

O Projeto de Lei da Câmara 28/2017 foi aprovado pelo Congresso no final de outubro por 44 votos a 10. Agora aprovado com emendas, o texto volta para análise dos deputados, que em abril deste ano já havia discutido o mesmo projeto.

Foram mais de 20 as ressalvas exigidas pelos senadores para regulamentar o aplicativo, mas basicamente não houve muitas mudanças. As principais foram a retirada do texto da exigência de placa vermelha no transporte por aplicativo e da obrigação de os motoristas do aplicativo serem donos do automóvel usado no transporte. 

 

Autor: Gustavo Castro, especial para o GD
Data: 02/12/2017
Noticias da Sessão: Cidades
» Família Desaparecida: FAB afirma ter localizado "vestígios que podem ser" de aeronave
» Escola na zona rural: Professora é internada após envenenamento
» Descaso: Empresa deixa cabeceira de ponte 'abandonada' e perde a obra
» Feminismo: Mulheres protestam contra assédio e violências
» Câmara aprova aumento de pena a motorista embriagado que provocar acidente fatal
» Rombo no bolso: Preço do gás de cozinha sofre novo aumento
» Desaparecidos há dois anos: Ossadas de pai e dois filhos são encontradas no interior de MT
» Na Isaac Póvoas: Blitz da Lei Seca prende 8 pessoas por dirigirem bêbadas
» Perigo na estrada: Carretas pegam fogo após um engavetamento na BR-364
» Transporte Particular: Motoristas e passageiros comemoram regulamentação de aplicativos
» Transporte público: Prefeitura retira 41 micro-ônibus do sistema de coletivo em Cuiabá
» Retomada das Obras: RETOMADA DAS OBRAS Governo decide licitar por RDC e lança novo edital do VLT até fevereiro
» Propostas: Chineses discutem investimentos em Mato Grosso com produtores e prefeitos
» Quando janeiro chegar: Estudo propõe tarifa de R$ 3,85 nos coletivos de Cuiabá
» Noivos pagam R$ 30 mil, mas ficam sem festa de casamento; Polícia deve instaurar inquérito
 
Tempo
 
Copyright © 2008 Todos os direitos reservados ao NavegadorMT.