Cuiabá 25/02/2018
Busca:  
 Home
 Últimas Notícias
 Cidades
 Política
 Esporte
 Polícia
 Meio Ambiente
 Turismo
 Agronegócio
 Mundo
 Artigos
 Aúdio e Video
 Galeria de Fotos
 Quem Somos
 Fale Conosco
Tunel do Tempo
 
Aquecido "Triângulo da Lavagem"

 Denuncias
 Enquete


Cidades
De volta ao trabalho: Após dois meses, servidores do Detran decidem encerrar greve

Decisão foi tomada depois de reunião do sindicato com o governador em exercício Carlos Fávaro


 

Os servidores do Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso (Detran/MT) decidiram, nesta quinta-feira (9), durante assembleia geral, pôr fim à greve iniciada há dois meses. 

 

De acordo com a presidente do Sindicato dos Servidores do Departamento de Trânsito de Mato Grosso (Sinetran-MT), Daiane Renner, os servidores retornaram ao trabalho já nesta sexta-feira (10).

 

Ela afirmou que a decisão pelo fim da greve ocorreu após uma reunião com o governador em exercício Carlos Fávaro (PSD), na última terça-feira (14).

 

Conforme a sindicalista, Fávaro prometeu conceder o reajuste salarial da categoria – principal reivindicação dos servidores - em 2019.

 

“Nós decidimos pelo retorno das atividades a partir de amanhã. Essa decisão foi resultado de um atendimento por parte do governador em exercício, Carlos Fávaro, à categoria na última terça-feira. Ele assumiu o compromisso com o sindicato em conceder o resultado salarial no ano de 2019”, afirmou.

 

“Então esse compromisso firmado neste momento, após a troca do negociador por parte do Governo do Estado, representou um avanço extremamente importante. Sabemos que a categoria não vai estar condenada a amargar, pelos próximos 10 ou 5 anos, a tabela salarial devassada da maneira como nós nos encontramos hoje depois de seis anos sem atualização”, completou.

 

Pelo acordo, conforme Daiane, o Governo se comprometeu documentalmente em retomar as negociações a respeito da tabela salarial e a conceder esse reajuste em 2019.

 

Conforme ela,  a Assembleia também aprovou uma emenda constitucional no teto de gastos que garante à categoria a negociação da tabela e outros direitos.

  

A sindicalista frisou que valor do reajuste ainda será discutido entre o sindicato e o Governo. 

 

A greve

 

A greve da categoria teve início no dia 11 de setembro, em reivindicação por aumento salarial. 

 

O sindicato alega que a tabela de salários está defasada desde 2011.

 

A greve ganhou destaque no dia 31 de outubro, durante uma manifestação realizada na porta do Palácio Paiaguás. 

 

Na ocasião, os servidores bloqueavam uma das vias do Centro Político Administrativo (CPA) que dão acesso à sede do Governo e foram reprimidos com gás lacrimogêneo e spray de pimenta.

 

Na sequência, três deles foram algemados, colocados em uma viatura da PM e levados ao Cisc Planalto.

 

Autor: Midia News - THAIZA ASSUNÇÃO DA REDAÇÃO
Data: 10/11/2017
Noticias da Sessão: Cidades
» Muxirum: Projeto de combate ao analfabetismo beneficiará mais de 9 mil pessoas em 2018
» MTs 240 e 343: Botelho intervém e Sinfra garante recuperação de rodovias
» Atividades do programa Siminina retornam na próxima segunda-feira (19)
» Sigilo garantido: População auxilia investigações criminais pelo disque-denúncia
» Aniversário da Cidade: Governador visita obras de habitação em Poconé
» Guaxe volta e conclui Rua 5 no Jardim União. Vanderlúcio comemora
» Reforma, substituição e construção de novas pontes beneficiam comunidades urbanas e rurais de Cuiabá
» Pró-Estradas: Estado conclui 2.400 km de asfalto em três anos de gestão
» Arrependido: Após prisões e processos, Silval 'ajudará' acabar com corrupção endêmica - veja vídeo
» Bebê que teve 90% do corpo queimado vai fazer transplante de pele
» Sinal interrompido: Oi é multada por bloquear telefone e atrapalhar grampos da PJC
» PRÓ-ESTRADAS - Governo autoriza concessão de 533 km de rodovias estaduais
» Assassinato em Florianópolis: Polícia Civil de SC já tem suspeito de matar cunhado de Fabris
» Transporte Público: Emanuel inaugura estação climatizada; usuários protestam
» Arrependido: Padre que posou com arma diz que errou e pede perdão a fiéis
 
Tempo
 
Copyright © 2008 Todos os direitos reservados ao NavegadorMT.