Cuiabá 25/02/2018
Busca:  
 Home
 Últimas Notícias
 Cidades
 Política
 Esporte
 Polícia
 Meio Ambiente
 Turismo
 Agronegócio
 Mundo
 Artigos
 Aúdio e Video
 Galeria de Fotos
 Quem Somos
 Fale Conosco
Tunel do Tempo
 
Aquecido "Triângulo da Lavagem"

 Denuncias
 Enquete


Politica
Viagem de Taques e Fávaro: Botelho assume o Governo e Maluf, a presidência da Assembleia

A presidência do Legislativo seria ocupada por Gilmar Fabris, mas ele sairá de licença médica


 

O Executivo e o Legislativo estadual passarão por mudanças de comando durante quatro dias deste mês. Em razão das viagens internacionais do governador Pedro Taques (PSDB) e do vice, Carlos Fávaro (PSD), o presidente da Assembleia, Eduardo Botelho (PSB), assume o Palácio Paiáguas.

 

Já o presidente da Casa de Leis, durante o período, será o primeiro-secretário Guilherme Maluf (PSDB).

 

A partir desta sexta-feira (3), o vice-governador Carlos Fávaro assumiu o Executivo estadual, após o governador Pedro Taques viajar para a China, onde tentará buscar recursos para investimentos no Estado.

 

O governador permanecerá na China até 12 de novembro, data em que viajará para a Alemanha, para participar da COP-23, Conferência Mundial Sobre o Clima. Fávaro também participará do evento e irá para o país europeu também no próximo dia 12.

 

Na data em que o vice-governador viajar para o exterior, Botelho assumirá o Paiaguás.

 

O cargo de presidente da AL-MT, conforme a linha de sucessão, deveria ser ocupado pelo deputado Gilmar Fabris (PSD), vice-presidente da Casa, que deixou o Centro de Custódia da Capital (CCC) na semana passada.

 

No entanto, Fabris, que perdeu mais de 15 quilos enquanto esteve preso, vai tirar licença médica. O parlamentar argumentou que precisará passar por uma bateria de exames médicos e não poderá assumir o Legislativo.

 

Diante da ausência de Fabris, a lista de sucessão do Legislativo estadual determina que o segundo vice-presidente assuma. O cargo, porém, pertence a Max Russi (PSB), que está afastado para ocupar o cargo de secretário de Estado.

 

O próximo na linha é o primeiro-secretário, no caso Maluf. Desta forma, ele assumirá a função de presidente da Casa. O tucano ocupou o cargo no biênio de 2015 e 2016.

  

A expectativa é de que o governador Pedro Taques e o vice Carlos Fávaro retomem suas funções em 16 de novembro. O prazo, porém, poderá ser estendido. 


 

Autor: Midia News - VINÍCIUS LEMOS DA REDAÇÃO
Data: 04/11/2017
Noticias da Sessão: Politica
» Novo fundo do Executivo terá R$ 500 mi em um ano, diz Taques
» Fundos em MT: Botelho oficializa criação da CPI e afirma que respeita deputados
» Botelho suspende prorrogação de contrato com empresa alvo do MPE
» Dança das Cadeiras: Emanuel dá posse a secretário e avalia novas trocas no staff
» Presença no Senado: Medeiros é campeão em faltas de MT; Cidinho foi o mais assíduo
» MPE pede cassação do prefeito de Cáceres Francis Maris
» Imediato: Taques anuncia repasse de R$ 90 milhões para Infraestrutura
» Mauro Savi considera cobrança de contribuição voluntária absurda
» Taques e Emanuel entregam cartões do Pró-Família para mil famílias carentes da Capital
» Primeiro Ano: Emanuel afirma que está avaliando secretários e admite mudanças
» Recursos Federais: Temer sanciona o FEX e Taques comemora repasse de R$ 496 mi
» Câmara pode manter 480 servidores
» "Viado" e "Biscate": Amigo diz que cabo da PM sabia da vida sexual de autoridades
» Vereadores de Cuiabá concedem 13º salário para si mesmos
» Deputados aprovam orçamento de R$ 20,3 bilhões para o Estado
 
Tempo
 
Copyright © 2008 Todos os direitos reservados ao NavegadorMT.