Cuiabá 24/11/2017
Busca:  
 Home
 Últimas Notícias
 Cidades
 Política
 Esporte
 Polícia
 Meio Ambiente
 Turismo
 Agronegócio
 Mundo
 Artigos
 Aúdio e Video
 Galeria de Fotos
 Quem Somos
 Fale Conosco
Tunel do Tempo
 
Aquecido "Triângulo da Lavagem"

 Denuncias
 Enquete


Agronegocio
Nova Maringá: Governador faz reunião ampliada com prefeitos e produtores de grãos

Os produtores elencaram as dificuldades enfrentadas no transporte de grãos e de que forma a falta de pavimentação asfáltica influencia no preço do frete e no tempo de entrega do produto.


 

Cumprindo agenda de compromissos em Nova Maringá, o governador Pedro Taques se reuniu nesta última terça-feira (17.10) com prefeitos, vereadores e produtores de grãos de Sorriso, Tapurah, São José do Rio Claro e Nova Maringá para ouvir as principais demandas na área de infraestrutura.

Na oportunidade, os produtores elencaram as dificuldades enfrentadas no transporte de grãos e de que forma a falta de pavimentação asfáltica influencia no preço do frete e no tempo de entrega do produto, que tem como principais rodovias de acesso a MT-160 e MT-249/492, que ligam São José do Rio Claro a Nova Maringá, além da MT-488, nos trechos Guiratinga/Tapurah e Campo Novo do Parecis/Sorriso.

As chuvas também têm prejudicado o transporte e a expectativa é que sejam fechadas futuras parcerias entre o poder público e o setor produtivo, conforme relatou o presidente da Associação dos Beneficiários da Rodovia MT-488, Gilmar Oliveira.



"A nossa região é dominada por soja, mas não temos estradas, e nós, produtores, precisamos baratear o frete. Visando sanar o problema, vamos encaminhar um projeto técnico e ambiental para fechar uma parceria com os municípios a fim de que contribuam na execução da terraplanagem e o governo com a doação de óleo diesel", explicou.

Somente em Nova Maringá há mais de  250 mil hectares de soja e a tendência é chegar a 600 mil nos próximos anos. "O que veio de recurso do Fethab para o município que produziu 261 mil hectares em 2017 é pouco perto das estradas que tenho que arrumar. Então, preciso do apoio do Estado porque são 2.500 quilômetros de estrada dentro do município", frisou o prefeito de Nova Maringá, João Braga.

O secretário de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra),  Marcelo Duarte, explicou o motivo pelo qual estas rodovias ainda não foram asfaltadas e informou que uma licitação será aberta em 2018. "Foram encontradas inconsistências no projeto apresentado em 2010, assim como a transferência de contrato. Estamos ajustando, verificando a questão da licença ambiental para licitar o projeto de maneira definitiva", esclareceu.


O governador destacou a importância destas obras para os produtores, para a população e as melhorias após a assinatura de convênio para a manutenção de 76 quilômetros da MT-160, entre Nova Maringá e São José do Rio Claro, assinado nesta terça. "Este município está unido para o desenvolvimento. Liberamos hoje mais de R$ 700 mil para a manutenção deste trecho até que seja feita a licitação para pavimentação", reforçou Taques.

 

Autor: Evelyn Ribeiro | Gcom-MT
Data: 18/10/2017
Noticias da Sessão: Agronegocio
» Setor nega venda de carne com aditivo à Rússia
» Maior importador: Chineses chegam a MT para aprender sobre suinocultura e estreitar parcerias
» Mercado de carne bovina chinês no foco do Brasil e EUA
» Planejamento divulga boletim sobre cenário econômico de Mato Grosso
» Fila de navios para embarcar açúcar no Brasil aumenta a 47 na semana, diz Williams
» Rússia aumenta restrições à carne importada do Brasil
» Energia renovável: Etanol brasileiro pode substituir 13,7% do petróleo consumido no mundo
» Plantas daninhas resistentes aumentam custo de produção de soja
» Brasil poderia utilizar potencial de hidrovia entre Cáceres e Uruguai, opinam especialistas
» Concurso Coffe Of The Year 2017 divulga os 150 melhores cafés do Brasil
» Novos mercados para a carne bovina brasileira podem ser anunciados em 2017
» Nova Maringá: Governador faz reunião ampliada com prefeitos e produtores de grãos
» Demanda crescente pelo cacau no final do ano pode dar suporte aos preços
» Receita com exportação de gado vivo sobe 22%
» Receita do agro atinge recorde em Mato Grosso
 
Tempo
 
Copyright © 2008 Todos os direitos reservados ao NavegadorMT.