Cuiabá 24/10/2017
Busca:  
 Home
 Últimas Notícias
 Cidades
 Política
 Esporte
 Polícia
 Meio Ambiente
 Turismo
 Agronegócio
 Mundo
 Artigos
 Aúdio e Video
 Galeria de Fotos
 Quem Somos
 Fale Conosco
Tunel do Tempo
 
Aquecido "Triângulo da Lavagem"

 Denuncias
 Enquete


Politica
Câmara de Cuiabá faz sessão 'secreta' para legalizar suplementação milionária

Nesta sexta-feira (6), numa sessão extraordinária os vereadores de Cuiabá vão aprovar um projeto do Executivo para oficilizar suplementação milionária ao Legislativo Cuiabano.


 

A Câmara de Vereadores de Cuiaba realiza uma sessão extraodinária na manhã desta sexta-feira (6) para aprovar um projeto de autoria do Executivo Municipal que concede suplementação milionária ao Legislativo. Na prática, os parlamentares vão revalidar o repasse extra que o prefeito Emanuel Pinheiro (PMDB) fez à Câmara, mas foi suspenso pela Justiça e pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE-MT).

No início de setembro, Pinheiro publicou um decreto concedendo ao Legislativo uma suplementação de R$ 6,7 milhões 2 dias após ter conseguido se livrar de um pedido de CPI que foi oficializado na Casa de Leis pelo vereador Marcelo Bussiki (PSB) para investigar e afastar o peemedebista foi gravado em vídeo recebendo maços de dinheiro (mensalinho) pago pelo ex-governador Silval Barbosa (PMDB)em troca de apoio político e guardando no paletó. Na época dos fatos Emanuel era deputado estadual.

Leia também - Justiça anula repasse de R$ 6,7 milhões de Pinheiro a vereadores

A proposta de CPI ficou apenas no papel porque os vereadores oposicionistas não conseguiram as 9 assinaturas necessárias para instaurar a Comissão. O decreto que fez a transferência dos recursos para o Legislativo foi contestado na Justiça por advogados e até por um dos vereadores cuiabanos. O Tribunal de Contas também invalidou o Decreto Municipal nº 6.343/2017 e arbitoru multa ao presidente da Câmara, Justino Malheiros (PV) caso a ordem fosse descumprida.

Ednei Rosa

Líder do prefeito na Câmara

Agora, a Procuradoria do Município finalizou um projeto de lei que autoriza a suplementação. Basta o Legislativo aprovar o projeto em sessão plenária, o que está previsto para ocorrer nesta sexta-feira para que milhões estarão liberados. O Gazeta Digital não conseguiu confirmar o valor exato que será repassado com a aprovação do projeto, mas informações de bastidores apontam que a cifra estaria na casa dos R$ 5 milhões.

Ao encerrar a sessão desta quinta-feira (5), o vereador Renivaldo Nascimento convocou os colegas parlamentares para a sessão em caráter extraordinário para aprovação de um “assunto muito importante”.

O líder do prefeito na Câmara, vereador Lilo Pinheiro (PRP), e o procurador-geral do Município, Nestor Fernandes Fidelis, foram procurados pelo Gazeta Digital, mas não atenderam aos telefonemas.

 

Autor: Welington Sabino, editor do GD
Data: 06/10/2017
Noticias da Sessão: Politica
» Gestão: Secid destrava 11 de 16 obras principais idealizadas para Copa
» Governo investe mais de R$ 100 milhões em rodovias na região de Tangará da Serra
» Afastado pelo STF: TCE envia ato de aposentadoria de Antonio Joaquim a Taques
» Prefeito libera R$ 3,3 milhões em suplementação à Câmara Municipal
» Rodrigo Maia acusa Planalto de disseminar 'falsa versão' sobre encontro com Temer
» Decreto reduz salários de prefeito, vice, secretários e comissionados em até 20% em MT para recuperar caixa
» Comissão na Câmara retoma hoje análise da denúncia contra Temer
» Prefeitura de Cuiabá licita apenas 10% dos contratos e Ong alerta vereadores
» Um fôlego a mais: Bancada federal destina R$ 50 milhões para saúde em Mato Grosso
» Acusado em delação: Bosaipo nega venda de vaga no TCE e diz que vai acionar Nadaf
» Descontos de até 100%: Contribuintes poderão negociar dívidas no mutirão fiscal em VG
» Acusado de irregularidades: Vereadores instauram CPI e afastam prefeito de Acorizal por 3 meses
» Revelação de Nadaf: Silval iria pagar R$ 10 milhões a Riva para ser indicado ao TCE
» Juiz nega pedido e mantém cassação da prefeita Lucimar em VG
» Tensão na "Casa dos Horrores": Câmara publica exoneração de 460 comissionados; veja lista
 
Tempo
 
Copyright © 2008 Todos os direitos reservados ao NavegadorMT.