Cuiabá 19/09/2018
Busca:  
 Home
 Últimas Notícias
 Cidades
 Política
 Esporte
 Polícia
 Meio Ambiente
 Turismo
 Agronegócio
 Mundo
 Artigos
 Aúdio e Video
 Galeria de Fotos
 Quem Somos
 Fale Conosco
Tunel do Tempo
 
Aquecido "Triângulo da Lavagem"

 Denuncias
 Enquete


Meio Ambiente
Dado de redução de desmatamento citado por Temer na ONU é preliminar, diz Imazon

Presidente usou levantamento de instituto em assembleia da ONU, apontando uma redução de mais de 20% no desmatamento no Brasil.


 

Nesta terça-feira (19), o presidente Michel Temer discursou 72ª Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) eapresentou um dado de mais de 20% da redução do desmatamento da Amazônia. A organização Imazon, autora do estudo citado por Temer, no entanto, diz que o "dado é impreciso" e que a redução tem uma relação com a queda nos preços no gado, não com uma política aplicada pelo governo.

 

"O desmatamento é questão que nos preocupa, especialmente na Amazônia. Nessa questão temos concentrado atenção e recursos. Pois trago a boa notícia de que os primeiros dados disponíveis para o último ano já indicam diminuição de mais de 20% do desmatamento naquela região. Retomamos o bom caminho e nesse caminho persistiremos”, disse o presidente em Nova York.

 

O levantamento publicado pelo Imazon se refere ao período entre agosto de 2016 a julho de 2017, feito por meio do Sistema de Alerta do Desmatamento (SAD). Há quase um mês, o G1 adiantou o dado e mostrou a queda de 21%, o que interrompe uma curva de crescimento após cinco anos.

 

De acordo com Barreto, o estudo é importante porque ajuda a ter uma sinalização mais frequente da intensidade do desmatamento. O pesquisador conta que, antes, o número apresentado era anual, o que dificultava um acompanhamento e uma resposta mais rápida de proteção.

 

Porém, Barreto explica que o número é criado por meio de uma análise de imagens com resolução de 250 metros por 250 metros, o que não garante uma alta precisão sobre o que realmente está sob risco ambiental -- só consegue filtrar áreas com mais foco de desmatamento.

"É um dado preliminar. Este número mensal é bom porque você consegue responder a casos de desmatamento com mais rapidez. O que nós contestamos é usá-lo como se fosse a taxa final, como se fosse um número preciso", disse.

 

O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) faz um levantamento mais preciso, com resolução de 30 metros por 30 metros, com números divulgados anualmente. De acordo com o Imazon, há a expectativa de que este dado oficial também mostre uma redução do desmatamento no Brasil, mas não necessariamente resultado de uma ação do governo.

 

"Temer não pode atribuir uma eventual queda à política pública, porque o preço do gado caiu 15% entre 2015 e 2017, o que certamente influencia a redução do desmatamento. Eles [fazendeiros/produtores] ficam menos interessados em desmatar quando o preço está baixo", disse Barreto.

O presidente recentemente recebeu uma série de críticas e de ações na Justiça devido a decreto para extinguir uma antiga reserva na Amazônia, a Reserva Nacional do Cobre e Associados (Renca). A decisão do governo foi contestada por organizações não-governamentais, ambientalistas e celebridades. Segundo o governo, a extinção da reserva não torna irrestrita a exploração mineral na área.

 

Além disso, em julho deste ano, a Noruega anunciou o corte de metade do repasse ao Fundo Amazônia. Seriam R$ 200 milhões a menos para a proteção da floresta brasileira. Vidar Helgesen, ministro de Clima e Meio Ambiente da Noruega, disse, no entanto, que o valor exato do corte só vai ser definido no final deste ano.

 

"De acordo com as regras que foram desenhadas pelas próprias autoridades brasileiras, se o desmatamento aumenta, haverá menos dinheiro saindo da Noruega", disse. "Se o desmatamento diminuir, o dinheiro volta", ele garantiu.

  

Autor: Por Carolina Dantas, G1
Data: 21/09/2017
Noticias da Sessão: Meio Ambiente
» Campo Novo do Parecis: Campus do IFMT é evacuado às pressas por causa de fogo em canavial - veja fotos e vídeos
» Distrito de Mimoso: Incêndio em Distrito de Leverger completa 5 dias matando animais e vegetação
» Incêndio ameaça parque de Chapada dos Guimarães - veja vídeos
» O risco dos incêndios florestais para a saúde humana
» Sema aplica multa de R$ 5,7 milhões e embarga usina após acidente ambiental - veja fotos
» Toneladas de lixo são retiradas de praias na República Dominicana
» Holanda: Porto de Roterdã comunica vazamento 'considerável' de óleo
» Indígenas do Xingu falam sobre mudanças climáticas em documentário precioso
» Grande Barreira de Corais resistiu a cinco eventos de quase extinção, diz estudo
» Após seis anos de seca severa no Nordeste, chuva muda a paisagem
» Acrismat realiza workshop para debater o contexto ambiental e resíduos agroindustriais
» Estudo aponta alta contaminação de peixes por mercúrio em todas as bacias hidrográficas do AP
» Cientistas revelam níveis tóxicos de arsênico em poços da bacia do Amazonas
» Brasil tem, sim, terremotos - e há na história registro até de tremores com 'pequenos tsunamis'
» Por que Brasil se opõe à Europa em corte de emissões de CO2 por navios
 
Tempo
 
Copyright © 2008 Todos os direitos reservados ao NavegadorMT.