Cuiabá 14/12/2017
Busca:  
 Home
 Últimas Notícias
 Cidades
 Política
 Esporte
 Polícia
 Meio Ambiente
 Turismo
 Agronegócio
 Mundo
 Artigos
 Aúdio e Video
 Galeria de Fotos
 Quem Somos
 Fale Conosco
Tunel do Tempo
 
Aquecido "Triângulo da Lavagem"

 Denuncias
 Enquete


Politica
Apoio para 2018: Taques: “Deixa oposição discutir eleição; tenho muito o que fazer”

Governador comentou declaração de presidente da Assembleia, que garantiu apoio de 17 deputados


 

O governador Pedro Taques (PSDB) minimizou as declarações do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho (PSB), que afirmou que o tucano conseguiu o apoio de 17 parlamentares para um eventual projeto de reeleição em 2018.

 

O apoio foi firmado durante um jantar do chefe do Executivo com a base governista na casa de Botelho, no Bairro Bosque da Saúde, em Cuiabá.

 

Em conversa com a imprensa, após um evento no Centro de Eventos do Pantanal, na sexta-feira (11), Taques disse que somente irá tratar sobre eleição em 2018.

 

Deixa a oposição discutir eleição. Enquanto isso, eu tenho muito o que fazer

“Eu vou discutir eleição somente no ano que vem”, disse ao ser questionado sobre a importância do apoio.

 

Taques ainda aproveitou para cutucar a oposição, que sob liderança do deputado federal Carlos Bezerra (PMDB) vem mantendo reuniões. Ao todo, quase 10 siglas já se alinharam ao grupo.

 

“Deixa a oposição discutir eleição. Enquanto isso, eu tenho muito o que fazer”, completou.

 

O apoio

 

Segundo Botelho, os 17 deputados estaduais presentes na reunião com Taques se disseram dispostos a melhorar o desempenho da atual gestão e garantir viabilidade ao projeto de reeleição.

 

“Todos os deputados saíram de lá com o projeto de reeleição de Pedro Taques, para trabalhar essa reeleição. Mas, sobretudo, para trabalhar na melhora do Governo, para chegar lá com condição”, disse.

 

No encontro estavam presentes cinco partidos, entre eles PSDB, PSD, PSB, DEM e PSC.

 

“No jantar conversamos sobre as projeções para o próximo ano, porque queremos estar juntos com o governador Pedro Taques no período eleitoral. Lá, queremos estar juntos na reeleição, vamos estar junto com o Governo, vamos estar na base”, disse o líder do Governo, deputado Dilmar Dal’Bosco (DEM).

 

“Cada deputado se posicionou pelo seu partido. Eu posicionei pelo meu, porque o Democratas está na base e vamos ficar”, completou.

 

Leia mais sobre o assunto:

 

Botelho: “Deputados decidiram atuar pela reeleição de Taques”

 

Em jantar, Taques entrega minuta de PEC e ouve queixas da base

 

Autor: Midia News - DOUGLAS TRIELLI E VINÍCIUS LEMOS DA REDAÇÃO
Data: 11/08/2017
Noticias da Sessão: Politica
» Vereadores de Cuiabá concedem 13º salário para si mesmos
» Deputados aprovam orçamento de R$ 20,3 bilhões para o Estado
» Contas Públicas: Orçamento da Prefeitura de Cuiabá prevê R$ 49 milhões a mais
» MT espera receber R$ 150 mi de empresas delatadas por Silval
» Alívio no caixa: Taques afirma que R$ 500 mi do FEX pagará Saúde e fornecedores
» Base de Taques: Botelho diz que Mauro quer Senado e espera consenso em grupo
» Caso Fabris: Ministro do STF é contrário à soltura de deputados pelo Legislativo
» 500 milões no caixa: Câmara aprova FEX e projeto será analisado pelo Senado Federal
» Novo projeto: Prefeito de Cuiabá garante que SEC 300 ficará melhor com mudanças
» Fávaro deixa secretaria de Meio Ambiente até dia 15 de dezembro
» Júlio Campos afirma que DEM só mantém compromisso com Pedro Taques caso esteja na majoritária
» Democratas dissolve todos os diretórios do Brasil e grupo de Mendes tem aval para montar executiva em MT
» Reforço no caixa: Governo afirma que Conab liberou R$ 110 milhões para o Estado
» PLOA 2018: Lei Orçamentária de 2018 é debatida em audiência pública na ALMT
» Bezerra assegura que jamais fez pagamento para empresa e diz que “quem deve explicar” é Silval
 
Tempo
 
Copyright © 2008 Todos os direitos reservados ao NavegadorMT.