Cuiabá 25/07/2017
Busca:  
 Home
 Últimas Notícias
 Cidades
 Política
 Esporte
 Polícia
 Meio Ambiente
 Turismo
 Agronegócio
 Mundo
 Artigos
 Aúdio e Video
 Galeria de Fotos
 Quem Somos
 Fale Conosco
Tunel do Tempo
 
Aquecido "Triângulo da Lavagem"

 Denuncias
 Enquete


Politica
Dinheiro da JBS financiou dez campanhas vencedoras em Mato Grosso

O único a receber uma doação direta da empresa em 2014 foi o deputado federal Carlos Bezerra (PMDB), que recebeu R$ 500 mil da própria empresa.


 

E empresa cujos donos são pivôs do mais recente escândalo político no Brasil, que resultou no afastamento do senador Aécio Neves (PSDB) pelo Supremo Tribunal Federal (STF) e abertura de inquérito contra o presidente Michel Temer (PMDB), a JBS mergulhou no mundo político há algumas eleições através das doações. Só em 2014, a empresa repassou R$ 391,8 milhões, segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).



Leia mais:
Leitão defende afastamento de Aécio, renúncia de Temer e eleição indireta

Nessa mesma eleição, a última em que empresas puderam participar como doadores de campanhas, a JBS financiou 10 campanhas vitoriosas em Mato Grosso com cerca de R$ 3,6 milhões. O dinheiro chegou aos políticos mato-grossenses tanto através de doação direta, direta ao candidato, quanto através de repasses pelos diretórios partidários ou de outros políticos.

O único a receber uma doação direta da empresa em 2014 foi o deputado federal Carlos Bezerra (PMDB), que recebeu R$ 500 mil da própria empresa. Ele ainda recebeu mais R$ 500 mil da JBS por meio do Diretório Nacional do PMDB. Desse dinheiro, ele repassou R$ 77 mil ao deputado estadual Allan Kardec (PT) e R$ 6.700 a Mauro Savi, atualmente do PSB, então candidato pelo PR.

Mas, apesar de não receber dinheiro diretamente da empresa, o maior beneficiário de doações da JBS dos candidatos vencedores em 2014 foi o senador Wellington Fagundes (PR). Ele recebeu um total de R$ 1,4 milhão em três doações repassadas pelo Diretório Nacional do PR.

Os deputados federais Fabio Garcia (PSB), Adilton Sachetti (PSB), Victório Galli (PSC), Valtenir (hoje PMDB, entçao PROS) e Ságuas Moraes (PT) também foram beneficiados com doações da JBS repassadas através de seus diretórios estaduais. Garcia e Moraes receberam R$ 150 mil cada um, enquanto Sachetti R$ 50 mil e Victório Galli R$ 30 mil.

Dentre as candidaturas a deputado estadual, o presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho (PSB), recebeu R$ 350 mil da JBS em uma doação repassada pelo Diretório Estadual do PSB.

Outro a receber uma quantia vultosa foi o candidato derrotado ao Governo do Estado pelo PT, Lúdio Cabral. Pelo Diretório Nacional do Partido dos Trabalhadores, ele recebeu R$ 475 mil, além de mais R$ 35 mil repassados por Wellington Fagundes.

Vale ressaltar que todas essas doações foram declaradas ao TSE e consideradas legais.


 

Autor: Olhar Direto - Da Redação - Jardel P. Arruda
Data: 19/05/2017
Noticias da Sessão: Politica
» Denúncia de Corrupção: Bezerra compara Michel Temer com Jesus Cristo e fala em 'injustiça'
» Paulo Prado desabafa e diz que nunca mais quer chefiar o MPE
» Juíza nega pedido de cassação de vereadores de VG, prefeita e vice
» Ex-prefeito é condenado por fraude de R$ 1,2 milhão em prestação de contas de 2000
» VLT Cuiabano: WS: Estado vai reduzir "drasticamente" as desapropriações
» Coworking: Governo lança Arena + para fomentar ideias inovadoras
» Balanço: Maluf apresenta 50 projetos de lei e tem 5 leis publicadas no primeiro semestre de 2017
» Projeto determina sala adequada para parto humanizado nos hospitais
» Lucimar assegura R$ 700 milhões de investimentos em obras para o Grande Cristo Rei
» STF nega pedido de deputado federal para retorno ao cargo antes do término de licença
» Temer responde negativamente à maioria das perguntas da defesa de Cunha
» Moro rejeita questionamentos da defesa de Lula sobre condenação no caso do triplex
» Fábio Garcia retoma presidência do PSB na Justiça e quer desfazer “canetada” de Valtenir nos diretórios
» Emenda de Bancada: Acordo garante R$ 82 milhões para o Pronto-Socorro de Cuiabá
» Prefeito de Cuiabá nega trocar PMDB pelo DEM
 
Tempo
 
Copyright © 2008 Todos os direitos reservados ao NavegadorMT.