Cuiabá 24/02/2018
Busca:  
 Home
 Últimas Notícias
 Cidades
 Política
 Esporte
 Polícia
 Meio Ambiente
 Turismo
 Agronegócio
 Mundo
 Artigos
 Aúdio e Video
 Galeria de Fotos
 Quem Somos
 Fale Conosco
Tunel do Tempo
 
Aquecido "Triângulo da Lavagem"

 Denuncias
 Enquete


Politica
Temer e Aécio agiam juntos para impedir avanço da Lava Jato, diz Janot

Afirmação do procurador-geral da República está na decisão do ministro do STF Luiz Edson Fachin que determinou abertura de inquérito contra Temer, Aécio e deputado Rocha Loures.


 

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, afirma que o presidente Michel Temer e o senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG) agiram "em articulação" para impedir o avanço da Lava Jato.

A afirmação consta da decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luiz Edson Fachin que determinou a abertura de inquérito contra Temer, Aécio e o deputado afastado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) e que está relacionada ao acordo de delação de executivos da JBS. A decisão foi divulgada nesta sexta (19).

"Além disso, verifica-se que Aécio Neves, em articulação, dentre outros, com o presidente Michel Temer, tem buscado impedir que as investigações da Lava Jato avancem, seja por meio de medidas legislativas, seja por meio de controle de indicação de delegados de polícia que conduzirão os inquéritos", afirma Janot.

"Desta forma, vislumbra-se também a possível prática do crime de obstrução à Justiça", completa o procurador-geral da República.

No pedido para investigar Temer e Aécio, a procuradoria afirma que o senador teria "organizado uma forma de impedir que as investigações [da Lava Jato] avançassem por meio da indicação de delegados que conduziriam os inquéritos, direcionando as distribuições."



Denúncias

 

Na quarta (17), o jornal "O Globo" divulgou que o dono do frigorífico JBS, Joesley Batista, havia gravado conversa com Temer em que o presidente dava aval para a compra do silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ). 

Autor: Por Fábio Amato, G1, Brasília
Data: 19/05/2017
Noticias da Sessão: Politica
» Novo fundo do Executivo terá R$ 500 mi em um ano, diz Taques
» Fundos em MT: Botelho oficializa criação da CPI e afirma que respeita deputados
» Botelho suspende prorrogação de contrato com empresa alvo do MPE
» Dança das Cadeiras: Emanuel dá posse a secretário e avalia novas trocas no staff
» Presença no Senado: Medeiros é campeão em faltas de MT; Cidinho foi o mais assíduo
» MPE pede cassação do prefeito de Cáceres Francis Maris
» Imediato: Taques anuncia repasse de R$ 90 milhões para Infraestrutura
» Mauro Savi considera cobrança de contribuição voluntária absurda
» Taques e Emanuel entregam cartões do Pró-Família para mil famílias carentes da Capital
» Primeiro Ano: Emanuel afirma que está avaliando secretários e admite mudanças
» Recursos Federais: Temer sanciona o FEX e Taques comemora repasse de R$ 496 mi
» Câmara pode manter 480 servidores
» "Viado" e "Biscate": Amigo diz que cabo da PM sabia da vida sexual de autoridades
» Vereadores de Cuiabá concedem 13º salário para si mesmos
» Deputados aprovam orçamento de R$ 20,3 bilhões para o Estado
 
Tempo
 
Copyright © 2008 Todos os direitos reservados ao NavegadorMT.