Cuiabá 28/05/2017
Busca:  
 Home
 Últimas Notícias
 Cidades
 Política
 Esporte
 Polícia
 Meio Ambiente
 Turismo
 Agronegócio
 Mundo
 Artigos
 Aúdio e Video
 Galeria de Fotos
 Quem Somos
 Fale Conosco
Tunel do Tempo
 
Chacota: CQC vai a presídio entregar trem a Silval Barbosa

 Denuncias
 Enquete


Cidades
Operação Sodoma: Audiências são novamente adiadas e confissão de Silval fica para o mês que vem

Juíza Selma Arruda está de licença médica e juiz Jurandir Florêncio se declarou impedido. Demais substitutos não possuem agenda livre. Audiências da Sodoma 4 foram remarcadas.


 

A audiência em que o ex-governador Silval Barbosa (PMDB) prometia confessar seus crimes cometidos no âmbito da operação Sodoma 4, que apura fraude de R$ 15 milhões na desapropriação do bairro Jardim Liberdade, ocorrida no último ano de seu governo, em 2014, foi novamente adiada. Primeiramente, estava prevista para ocorrer nesta terça-feira (16) e passou para a quinta-feira (18). Agora, ficou para o dia 5 de junho.

 O adiamento é efeito da redesignação da audiência que estava prevista para ocorrer nesta tarde de terça-feira (16) e que foi remarcada para o dia 3 de junho. Isso porque a juíza titular da 7ª Vara Criminal, Selma Arruda, está de licença médica e o substituto legal dela, juiz Jurandir Florêncio se declarou impedido pelo fato de ser irmão do advogado Hugo Florêncio, que defende justamente o réu que seria ouvido hoje, Afonso Dalberto, ex-presidente do Intermat, que também é delator na ação.

Os assessores judiciais ainda tentaram encontrar outro magistrado que pudesse presidir a audiência. O juiz Geraldo Fidelis, titular da Vara de Execução Penal, substituto direto de Jurandir Florêncio, não pôde ir porque está afastado e em regime de exceção. Já o seu substituto, juiz Jorge Luiz Tadeu Rodrigues também não pôde cumprir a agenda da 7ª Vara porque cumpre pauta com 35 processos na Vara de Execução Penal, onde ele acumula sozinho todas as ações.

Como o juiz Jurandir Florêncio além de se declarar impedido, também anulou todos os seus atos na ação criminal, a audiência que foi realizada no último dia 5, em que foi ouvido o procurador do Estado Alexandre César, na condição de testemunha arrolada pela defesa de Francisco Gomes de Andrade Lima Filho, o Chico Lima, terá que ser refeita.

Por deter prerrogativa de foro por função, o juiz Jorge Tadeu indicou os dias 19, 21 e 23 de junho para que Alexandre César escolha a data em que prefere ser interrogado. As datas são as que constam como disponíveis na pauta de audiências da juíza titular Selma Arruda.

A oitiva do secretário de Meio Ambiente de Cuiabá, Juares Samaniego, que havia sido indeferida pelo Juízo anteriormente, por conta da ausência do mesmo em duas audiências seguidas, será poderá ser novamente intimado a prestar depoimento no dia 19 de junho, às 16h30. O magistrado salientou, contudo, que caso a testemunha novamente deixe de comparecer, não poderá mais ser intimado, conforme deliberado entre a juíza Selma Arruda e o advogado Egydio de Souza Neves, no dia 26 de abril.

Confira novas datas das audiências:

Dia 3 de junho, às 13h30
Afonso Dalberto
Antônio Rodrigues Carvalho

Dia 4 de junho, às 13h30
João Justino Paes de Barros
Pedro Jamil Nadaf

Dia 5 de junho, às 13h30
Silval da Cunha Barbosa
Sílvio Cézar Corrêa Araújo

Dia 6 de junho, às 13h30
Alan Ayoub Malouf
Levi Machado de Oliveira

Dia 7 de junho, às 13h30
Francisco Gomes de Andrade Lima Filho
Arnaldo Alves de Souza Neto

Dia 10 de junho, às 13h30
Valdir Agostinho Piran
Marcel Souza de Cursi
 

Autor: Celly Silva, repórter do GD
Data: 16/05/2017
Noticias da Sessão: Cidades
» Paciente é isolado em UPA após ser internado com suspeita de H1N1 em Cuiabá
» Acidente grave: Filho de deputado bate caminhonete em poste de viaduto; veja video
» Chuvas fortes causam deslizamentos de barreiras e deixam mortos e feridos em Maceió
» Estudantes da capital participam do projeto 'Educação Legislativa em Movimento'
» Chapada transforma o estilingue em jogos escolares
» Médicos que participam da 19ª Radeco realizam procedimentos em Chapada
» CRM-MT emite nota contra deputado que chamou médico de malandro e mentiroso após choro
» Acordo de delação premiada da JBS teve mais benefícios que os outros? Que critérios são usados? Entenda
» Diretor que cita caos à saúde faturou o próprio hospital como empresário
» Exército deixa Esplanada dos Ministérios; PMDF continua no local
» De volta aos trilhos: PF deflagra operação e cumpre mandados em MT e Goiás
» Ato na Esplanada termina com 7 presos, 49 feridos e rastro de depredação
» Taques inaugura reconstrução de 53 km de estradas em Rondonópolis e Juscimeira
» Cirurgia de 4 milhões: Voluntários arrecadam dinheiro em MT para transplante de criança nos EUA
» Thelma e Wilson Santos acertam inauguração da ETA, projetos para asfaltar bairros e captação de água para Mata Grande
 
Tempo
 
Copyright © 2008 Todos os direitos reservados ao NavegadorMT.