Cuiabá 20/08/2017
Busca:  
 Home
 Últimas Notícias
 Cidades
 Política
 Esporte
 Polícia
 Meio Ambiente
 Turismo
 Agronegócio
 Mundo
 Artigos
 Aúdio e Video
 Galeria de Fotos
 Quem Somos
 Fale Conosco
Tunel do Tempo
 
Aquecido "Triângulo da Lavagem"

 Denuncias
 Enquete


Politica
Botelho afirma que não sentiu boa vontade após reunião com PSB nacional para rever destituição


 

A reunião entre os líderes do PSB que foram destituídos do diretório de Mato Grosso e o presidente nacional da sigla, Carlos Siqueira, não foi satisfatório. A análise é do deputado estadual Eduardo Botelho (PSB), presidente da Assembleia Legislativa de MT, um dos destituídos.



Leia mais:

Botelho diz que PSB nacional tomou “decisão aloprada” ao destituir mato-grossenses



“Eu não senti boa vontade”, resumiu Botelho, em entrevista ao Olhar Direto. “Na minha opinião, a reunião não foi satisfatória porque não foi conclusiva, porque esperávamos resolver isso”, completou, sobre a reunião que aconteceu no fim da manhã desta quinta-feira (11).



De acordo com ele, o presidente nacional do partido afirmou que levará o pedido das lideranças mato-grossenses a uma reunião de toda Executiva Nacional, a ser realizada daqui cerca de 20 dias, para então tomar uma decisão. Para Botelho, a falta de decisão é ruim, principalmente porque era esperado uma garantia de maior liberdade de atuação aos membros da sigla.



 Anteriormente, o presidente da Assembleia Legislativa já havia definido a decisão de Carlos Siqueira como “aloprada”. Ele também garantiu que os líderes do PSB de mato Grosso estão coesos em tomarão uma decisão em bloco, tanto se o Siqueira restituir o diretório, quanto se não o fizer e os líderes mato-grossenses decidiram trocar de partido.



Participaram da reunião o deputado federal Fabio Garcia, presidente estadual destituído, o deputado federal Adilton Sachetti, e os deputados estaduais Oscar Bezerra e Adriano Silva.



Todos os membros do Diretório do PSB de Mato Grosso perderam os seus cargos porque o deputado Fábio Garcia, presidente da Executiva Regional, contrariou orientação do Diretório Nacional e votou a favor da reforma trabalhista proposta pelo presidente Michel Temer (PMDB), no plenário da Câmara dos Deputados.

 

Autor: olhar direto - Da Redação - Jardel P. Arruda
Data: 11/05/2017
Noticias da Sessão: Politica
» Debandada no PSB: Secretário e deputado podem se filiar ao PSDB de Taques
» Justiça bloqueia bens de ex-prefeito por pagar obras não executadas
» Roberto Jefferson vem a Cuiabá para ajudar aproximação entre PTB e Antonio Joaquim visando candidatura ao Governo
» Governo de MT recupera R$ 253 milhões em acordo com Grupo Votorantin
» CNJ não autoriza supersalários a juízes de MT e suspende pagamentos
» Aproximação: Governador recebe senador da República Italiana no Palácio Paiaguás
» Temer diz que 'está muito na moda a garantia da lei e da ordem'
» Disputa pelo Senado: "Nomes mais fortes são o meu e do Blairo; os outros são fracos"
» Pré-candidatos ao Palácio do Planalto moldam discurso econômico para 2018
» Ministro do STF: “Brasil está em crise sem tamanho porque ninguém cumpre a lei”
» Entenda o que é o modelo 'distritão' aprovado na Câmara dos Deputados
» Apoio para 2018: Taques: “Deixa oposição discutir eleição; tenho muito o que fazer”
» Governadores assinam Carta Cuiabá e criam consórcio de desenvolvimento sustentável
» Governadores da Amazônia Legal se reúnem em Cuiabá nesta sexta-feira
» Taques: “Tem que investigar porque o dinheiro de MT foi roubado”
 
Tempo
 
Copyright © 2008 Todos os direitos reservados ao NavegadorMT.