Cuiabá 23/05/2017
Busca:  
 Home
 Últimas Notícias
 Cidades
 Política
 Esporte
 Polícia
 Meio Ambiente
 Turismo
 Agronegócio
 Mundo
 Artigos
 Aúdio e Video
 Galeria de Fotos
 Quem Somos
 Fale Conosco
Tunel do Tempo
 
Chacota: CQC vai a presídio entregar trem a Silval Barbosa

 Denuncias
 Enquete


Politica
Botelho afirma que não sentiu boa vontade após reunião com PSB nacional para rever destituição


 

A reunião entre os líderes do PSB que foram destituídos do diretório de Mato Grosso e o presidente nacional da sigla, Carlos Siqueira, não foi satisfatório. A análise é do deputado estadual Eduardo Botelho (PSB), presidente da Assembleia Legislativa de MT, um dos destituídos.



Leia mais:

Botelho diz que PSB nacional tomou “decisão aloprada” ao destituir mato-grossenses



“Eu não senti boa vontade”, resumiu Botelho, em entrevista ao Olhar Direto. “Na minha opinião, a reunião não foi satisfatória porque não foi conclusiva, porque esperávamos resolver isso”, completou, sobre a reunião que aconteceu no fim da manhã desta quinta-feira (11).



De acordo com ele, o presidente nacional do partido afirmou que levará o pedido das lideranças mato-grossenses a uma reunião de toda Executiva Nacional, a ser realizada daqui cerca de 20 dias, para então tomar uma decisão. Para Botelho, a falta de decisão é ruim, principalmente porque era esperado uma garantia de maior liberdade de atuação aos membros da sigla.



 Anteriormente, o presidente da Assembleia Legislativa já havia definido a decisão de Carlos Siqueira como “aloprada”. Ele também garantiu que os líderes do PSB de mato Grosso estão coesos em tomarão uma decisão em bloco, tanto se o Siqueira restituir o diretório, quanto se não o fizer e os líderes mato-grossenses decidiram trocar de partido.



Participaram da reunião o deputado federal Fabio Garcia, presidente estadual destituído, o deputado federal Adilton Sachetti, e os deputados estaduais Oscar Bezerra e Adriano Silva.



Todos os membros do Diretório do PSB de Mato Grosso perderam os seus cargos porque o deputado Fábio Garcia, presidente da Executiva Regional, contrariou orientação do Diretório Nacional e votou a favor da reforma trabalhista proposta pelo presidente Michel Temer (PMDB), no plenário da Câmara dos Deputados.

 

Autor: olhar direto - Da Redação - Jardel P. Arruda
Data: 11/05/2017
Noticias da Sessão: Politica
» "Caos" e "Vergonha": Base e oposição criticam situação da Saúde e podem “trancar” pauta
» Especialistas convidam deputados para visitar obras da Usina Hidrelétrica Sinop
» Debate: ALMT promove audiência pública para debater turismo na região Metropolitana
» Alta Floresta inicia preparativos para receber 7ª edição da Caravana da Transformação
» Cacarejando: Vandoni é condenada a indenizar Janaina por ofensas
» Janot recorre ao plenário do STF e pede prisão de Aécio e Rocha Loures
» Disputa no TRE preocupa magistrados em MT
» Dono da JBS diz que pagou propina por investimentos de fundos de pensão
» OAB decide apresentar à Câmara pedido de impeachment de Michel Temer
» Dinheiro da JBS financiou dez campanhas vencedoras em Mato Grosso
» Temer e Aécio agiam juntos para impedir avanço da Lava Jato, diz Janot
» Dono da JBS gravou Aécio Neves pedindo R$ 2 milhões, diz jornal
» Deputados perdem a compostura e protagonizam bate-boca durante sessão na Assembleia; Veja vídeos!
» Confronto após denúncias: Taques cita três "crimes" e protocola representação contra Zaque
» Eventual saída de Temer levaria a eleição indireta pelo Congresso, diz Constituição
 
Tempo
 
Copyright © 2008 Todos os direitos reservados ao NavegadorMT.