Cuiabá 17/08/2017
Busca:  
 Home
 Últimas Notícias
 Cidades
 Política
 Esporte
 Polícia
 Meio Ambiente
 Turismo
 Agronegócio
 Mundo
 Artigos
 Aúdio e Video
 Galeria de Fotos
 Quem Somos
 Fale Conosco
Tunel do Tempo
 
Aquecido "Triângulo da Lavagem"

 Denuncias
 Enquete


Agronegocio
Fechamento temporário de frigoríficos em MT reduz abates pela metade, dizem pecuaristas

JBS suspendeu atividades em quatro plantas após a Operação Carne Fraca. Pecuaristas reclamam de queda em abates e no preço da arroba.


 

A suspensão das atividades de quatro plantas frigoríficas da JBS S/A em Alta Floresta, Juína, Pedra Preta e Diamantino, há mais de 20 dias, fez com que os abates caíssem pelo menos pela metade, segundo os pecuaristas. De acordo com a Associação dos Criadores de Mato Grosso (Acrimat), três plantas de outras empresas também suspenderam as atividades em Várzea Grande, Tangará da Serra e Matupá.

Os abates foram suspensos após a Operação Carne Fraca, deflagrada pela Polícia Federal, que investiga fraude na produção e comercialização de carne e corrupção envolvendo fiscais do Ministério da Agricultura e produtores. A JBS, então, anunciou férias coletivas em quatro dos 11 frigoríficos que possui no estado a partir do dia 3 de abril. Nesta terça-feira (18), empresa confirmou a retomada das atividades na próxima segunda-feira (24).

Ao G1, o pecuarista Raphael Nogueira, que trabalha no ramo há 20 anos em Castanheira, a 780 km de Cuiabá, afirmou que o fechamento da planta da JBS em Juína – que absorvia 80% da produção da região – fez com que o número de abates na região, que girava em torno de 800 unidades por dia, caísse para 200 abates diários logo após a operação ser deflagrada.

 

“Nos primeiros sete dias após a operação, teve a queda gigantesca de abate. Na segunda semana, quando eles anunciaram a suspensão das atividades e as férias coletivas, a arroba caiu de 10% a 15% em toda a região”, disse.

 

Conforme o produtor, a melhor opção para os produtores da região foi atender a uma planta em Tangará da Serra, a 242 km da capital, porém com o preço da arroba abaixo do que era praticado desde o início do ano.

“A queda real de preço da arroba aqui foi de até 12% e o pecuarista começou a segurar a venda de boi para abate, e colocou o bezerro em desmama à venda, porque foi a opção criada para fazer dinheiro. Mesmo assim, a queda de preço da desmama foi de até 7%. Agora, a arroba do boi aqui já está R$ 121, R$ 4 a menos do que estavam pagando no começo dessa crise”, afirmou.



Queda da arroba

 

Segundo a Acrimat, o preço da arroba do boi caiu 4,6% nos últimos 30 dias, em comparação com o mês de abril de 2016, a queda é de 10,6%, passando de R$ 136,8 para R$ 122,27, de acordo com índice do Centro de Estudos Avançados de Economia Aplicada (Cepea) para Cuiabá.

A decisão dos frigoríficos em conceder férias coletivas após a operação é vista pelo setor produtivo como uma estratégia de mercado para manipulação de preços. De acordo com o diretor-executivo da associação, Luciano Vacari, a manobra fica mais evidente ao comparar o movimento dos preços no campo com o varejo.

“Mais uma vez, o pecuarista paga sozinho a conta e o consumidor final não sente os reflexos efetivos da queda no preço da arroba. A demanda interna se manteve e as exportações em março não foram prejudicadas com as oscilações de mercado. Mesmo assim, a arroba caiu mais de 10%”, avaliou.

 

Prejuízo

 

Desde o início da Operação Carne Fraca até o dia 13 deste mês, a JBS perdeu 15,35% do seu valor de mercado, que era R$ 32,6 bilhões antes da operação e encerrou o ultimo pregão valendo R$ 27,6 bilhões, segundo a empresa de informações financeiras Economatica. Apesar de toda a repercussão negativa do caso que completou um mês nesta segunda-feira (17), as exportações de carne brasileira aumentaram em março.

 

Autor: Por Lislaine dos Anjos, G1 MT
Data: 19/04/2017
Noticias da Sessão: Agronegocio
» Estrangeiros voltam a investir no País, mas cenário político ainda preocupa
» Brasil receberá visita de técnicos americanos para inspeção veterinária
» Abates de bovinos crescem e atingem melhor resultado desde 2015 em Mato Grosso, aponta INDEA
» Tragédia e prejuízo em Água Clara, Mato Grosso do Sul
» Clima afeta safra de cana em um dos maiores estados produtores do país
» Exportações em julho de carne bovina brasileira têm o melhor resultado de 2017
» Brasil ganha primeira usina de etanol de milho
» Algodão: Colhieta 2016/17 avança e indicador cai 7% em julho
» O tamanho do mercado de orgânicos no Brasil
» Agronegócio paulista exporta 7,6% a mais no primeiro semestre e saldo comercial do setor aumenta para US$ 6,96 bi
» Inauguração: Ponte em Cocalinho será importante via para produção da região
» Campo Novo do Parecis: Polícia Civil investiga desvio de R$ 23 milhões de cooperativa
» Frigorífico de Nova Xavantina será reaberto na terça-feira
» Geada provoca grandes perdas e preocupa produtores de trigo do PR
» Pecuária de corte: Agrifatto aponta queda de 13% no confinamento neste ano
 
Tempo
 
Copyright © 2008 Todos os direitos reservados ao NavegadorMT.