Cuiabá 25/06/2017
Busca:  
 Home
 Últimas Notícias
 Cidades
 Política
 Esporte
 Polícia
 Meio Ambiente
 Turismo
 Agronegócio
 Mundo
 Artigos
 Aúdio e Video
 Galeria de Fotos
 Quem Somos
 Fale Conosco
Tunel do Tempo
 
Aquecido "Triângulo da Lavagem"

 Denuncias
 Enquete


Meio Ambiente
Dois anos após crise hídrica, reservatórios de SP têm excelente recuperação

Este é um quadro bem diferente do registrado nos últimos dois anos


 

O principal manancial de abastecimento da região metropolitana de São Paulo, o Sistema Cantareira, administrado pela Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) atingiu hoje (8) quase a sua capacidade plena de armazenamento de água com nível de 94,9%. Neste mês, esse sistema já conseguiu captar 37,8 milímetros (mm) de chuva e a média esperada é de 86,6 mm.

Este é um quadro bem diferente do registrado nos últimos dois anos e mostra maior segurança hídrica. Nesse mesmo dia, em 2014,o nível do Cantareira era de apenas 12,7%, em um estágio de agravamento com a entrada, naquele período, em que, normalmente, as chances de chuva vão diminuindo. Em 16 de maio daquele ano, o governo teve de recorrer ao bombeamento da água abaixo das comportas, onde fica a reserva técnica para garantir o suprimento.

Sem qualquer possibilidade de melhora das condições hídricas, a retirada passou para o ponto mais profundo do reservatório, em 16 de outubro. E só no fim de 2015 é que, finalmente, o sistema Cantareira com capacidade de armazenar 1 trilhão de litros de água saiu da dependência da reserva técnica. E mesmo assim porque havia passado por manobras no fornecimento. Parte dos 9 milhões de consumidores que eram atendidos pelo reservatório antes da crise passou a ser abastecido pelos Sistemas Alto Tietê e Guarapiranga.

Com a volta das chuvas mais volumosas ao longo do último verão e os registros que vem ocorrendo neste outono, a maioria dos sistemas apresenta excelentes níveis de recuperação. Além do Cantareira, existem mais cinco mananciais administrados pela Sabesp e os níveis apresentados hoje são os seguintes: Alto Tietê com 55,3% ; Guarapiranga (79,5%); Alto Cotia (101,6%); Rio Grande (91,9%) e Rio Claro (102,21%) .

Recorde de chuva

Só as chuvas na cidade de São Paulo entre a noite de anteontem (6) e a madrugada de ontem (7) registraram 82,1 milímetros, na Estação Mirante de Santana, na zona norte, de medição meteorológica do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). Foi o maior volume já registrado em 24 horas para um mês de abril desde 1943. E a maior parte concentrada em duas horas, a partir das 23h do último dia 6.

O acumulado do mês, alcançou 105,7 mm, o maior da história e “contrasta fortemente com o do ano passado, quando choveu apenas 2,4 mm”, diz o boletim do Inmet. Até então, o recorde para este período tinha sido registrado em 25 de abril de 1991 (77,9 mm).

 

Autor: AG BRASIL
Data: 10/04/2017
Noticias da Sessão: Meio Ambiente
» Noruega anuncia que deve cortar pela metade repasse ao Fundo Amazônia
» Mudanças Climáticas: Umidade do ar em queda no Centro-Oeste
» Mudança climática aumentará ondas extremas de calor, dizem cientistas
» MPF pede que empresários reparem danos ambientais causados em Angra dos Reis
» WWF ergue balão em Brasília por veto a regras que alteram áreas de preservação
» Mudança de legislação pode beneficiar grandes desmatadores da Amazônia, dizem especialistas
» Nova espécie de sapo é descoberta por cientistas em São Paulo
» Fiscais encontram 552 kg de peixe em carro popular e motorista é preso em MT
» Defesa Civil registra quatro mortes e mais de 11,5 mil pessoas fora de casa devido ao mau tempo
» Atividade humana acelera degradação dos oceanos, alerta ONU
» Regularização ambiental: Produtor terá 90 dias para fazer adequações no novo sistema de Cadastro Ambiental Rural
» Sobe para 27,6 mil o nº de afetados pelas chuvas em SC; situação deve piorar, conforme Defesa Civil
» Após acordo com MP, Samarco pagará assessoria para moradores de Barra Longa
» Pesca ilegal: Polícia Ambiental apreende 300 quilos de pintado e caxara
» ONU estima que saída dos EUA de acordo do clima pode elevar temperaturas em 0,3 grau
 
Tempo
 
Copyright © 2008 Todos os direitos reservados ao NavegadorMT.